Corsan explica obra da Martinho Lutero

visita-corsan

Na tarde da última segunda, 09, a Folha recebeu a visita dos representantes da Corsan – Companhia Riograndense de Saneamento, para falar de obras na cidade. Estiveram na redação o gerente local, Rogério Mazurana, e o coordenador operacional de Canela e Gramado, Carlos Shramm.
A visita foi referente à obra da Rua Martinho Lutero, que segundo Mazurana, não é de responsabilidade da Corsan e sim da Prefeitura de Canela, através de uma empresa licitada.
“Nós em nenhum minuto atrasamos aquela obra, pelo contrário, pois, como há detonação, tivemos que esperar a empresa trabalhar para depois poder substituir a rede de amianto por PVC”, explica Mazurana.
Segundo ele, mais algumas intervenções da Corsan serão necessárias no local, mas sem nenhum atraso na entrega da Martinho Lutero.
Quanto à outras obras, principalmente no que diz respeito ao esgoto cloacal, o gerente informou que uma empresa contratada para um diagnóstico em Canela deve começar a trabalhar na próxima semana e partir disto uma série de ações devem acontecer.

Foto: Francisco Rocha