Início Polícia Dois assaltos a taxistas na última semana

Dois assaltos a taxistas na última semana

Continua depois da publicidade

Após dois assaltos seguidos em minimercados, Canela viveu dois assaltos a taxistas em menos de 48h, um deles com o uso de arma branca.

O primeiro assalto aconteceu na última quinta, 09, próximo às 20h, quando um homem jovem pediu uma corrida para o bairro Celulose, a partir do ponto de táxi da Praça João Corrêa. Chegando no destino, em frente a uma casa no Beco dos Perottos, o passageiro disse que iria buscar o dinheiro na casa, para pagar a corrida. O taxista disse que avistou o homem descer do carro e ir em direção à casa, mas não viu se entrou na residência. Quando voltou, anunciou o assalto, apontando para um objeto no bolso da blusa. Ele pediu dinheiro e celular e fugiu correndo.

Neste assalto, foram roubados R$ 500,00 em dinheiro e dois celulares. Na Delegacia de Polícia, o taxista reconheceu o assaltante por fotos. Segundo o reconhecimento, trata-se de Diogo da Silva de Oliveira, 21 anos, responsável por assalta a mão armada com revólver caliber 32, em um minimercado do bairro São Lucas, no último dia 31, e acusado de ter assaltado outro minimercado na Vila Boeira, no dia 01.

A Polícia Civil havia prendido Diogo no bairro que reside, Bom Jesus. Com ele, foi encontra a arma utilizada no assalto. Ele foi preso em flagrante por posse ilegal de arma de fogo. Porém, a Justiça entendeu que a prisão do jovem havia sido irregular e ele voltou às ruas já na quinta, 01. O delegado Vladimir Medeiros requisitou novamente a prisão do jovem e aguarda a determinação da justiça.

O segundo caso aconteceu no sábado, 11, por volta das 21h, mas ainda não tem suspeito da autoria. Desta vez, o assalto ocorreu com o uso de uma faca. O passageiro embarcou no táxi num ponto da Rua João Pessoa, pedindo uma corrida até o bairro São Luiz.

Ao chegar na Rua Theobaldo Weber pediu para que o carro parasse e anunciou o assalto puxando uma faca e pedindo o dinheiro, caso contrário furaria todo o motorista. Após receber cerca de R$ 500,00 em dinheiro e um aparelho celular, o assaltante se afastou do carro e ainda jogou uma pedra contra o táxi, danificando a lataria.

‘Imagem ilustrativa’