Início Região Gramado estará sem atendimento dos Bombeiros durante à noite

Gramado estará sem atendimento dos Bombeiros durante à noite

Continua depois da publicidade

Medida será adotada durante dias de semana. Canela deve prestar apoio

O Sargento Napp, que responde pelo comando do Corpo de Bombeiros da Região na férias do Major Maurício, confirmou a informação recebida pela redação da Folha de Canela que os Bombeiros de Gramado não estarão de serviço no período da noite, em dias de semana, no mês de fevereiro.

A medida passa a valer a partir de hoje, 07 de fevereiro. Segundo Napp, o efetivo gramadense trabalha normalmente das 8h às 20h de segunda à sexta. Fora deste horário, um servidor segue no quartel atendendo o fone 193 e repasssando as ocorrências para SAMU, EGR e Polícia Rodoviária Estadual. Os casos de incêndio serão atendidos pelo quartel de Canela.

Não há previsão que o serviço seja reestabelecido em março, porém, segundo estatísticas, a madrugada de sexta para sábado é a que registra mais ocorrências, sendo assim, nos próximos dois finais de semana (10 a 12 e 17 a 19 de fevereiro) haverá atendimento no quartel de Gramado, assim como no feriadão de Carnaval (24 a 28 de fevereiro).

Segundo o comando do Corpo de Bombeiros, os outros órgãos de segurança já estão sabendo da situação e os Bombeiros de Canela foram escolhidos para seguir com o serviço pois tem o apoio dos Bombeiros Civis, pagos pela Prefeitura de Canela, o que equilibra o efetivo.

Segundo Napp, a determinação do Governo do Estado surgiu das dificuldades financeiras e a redução do efetivo, em razão de férias e aposentadorias. O pessoal estava sendo mantido com o pagamento de horas extras, que foram totalmente cortadas em fevereiro, sem previsão de retorno.

Perguntado sobre o risco de ficar sem este serviço essencial, Napp afirmou que “o risco existe”, entre eles a demora do deslocamento do quartel de Canela para uma ocorrência na Várzea Grande, por exemplo, ou até mesmo a incidência de dois incêndios ao mesmo tempo, ou um sinistro que necessitaria de maior efetivo para ser combatido. “Neste ano, os Bombeiros completam 30 anos em Gramado, não imaginamos que estaríamos com esta dificuldade, mas trabalhamos para, dentro das possibilidades, continuar atendendo a população”.

Foto: Arquivo Folha