Início Polícia Três pessoas indiciadas por fraude em Canela, inclusive uma advogada

Três pessoas indiciadas por fraude em Canela, inclusive uma advogada

Continua depois da publicidade

Eles tentavam impedir execução judicial e mudaram a propriedade do imóvel

Três pessoas foram indiciadas por fraude, incluindo uma advogada, pela Polícia Civil de Canela, que concluiu nesta semana as investigações relativas à venda de um terreno localizado no Bairro Palace Hotel.

Segundo a Polícia Civil, o imóvel era objeto de ação judicial, tendo sido alienado a terceiros de forma fraudulenta, com o intuito de frustar a execução. Os investigados teriam agido de má-fé para simular vendas sucessivas do terreno.

O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia e responsável pelas investigações, informou que o Cartório de Combate à Corrupção do órgão policial ouviu os envolvidos e juntou toda a documentação necessária para o esclarecimento dos fatos, concluindo a autoridade policial pelo indiciamento de três pessoas por fraude à execução e falsidade ideológica, sendo uma advogada que auxiliou a fraude, o dono do imóvel e um laranja para qual o terreno foi passado.

Foto: Reprodução/DP Canela