Início Polícia Ladrões que explodiam bancos morrem em confronto com a polícia em Taquara

Ladrões que explodiam bancos morrem em confronto com a polícia em Taquara

Polícia Civil fez ação para cumprir mandados e houve confronto com bandidos em Taquara Fotos: Polícia Civil/Divulgação
Continua depois da publicidade

Um confronto envolvendo policiais gaúchos e catarinenses provocou a morte de dois homens acusados de ataques a agências bancárias ocorridos recentemente na região. O fato aconteceu na madrugada desta sexta-feira, 03, em um sítio do interior de Taquara. Os dois bandidos foram baleados e, a caminho do hospital, tiveram a morte constatada. Nenhum dos 20 policiais se feriu.

Segundo as informações, morreram Jonas Natalício Bueno Corrêa e Vades Adani Milani, que estavam foragidos e tinham prisão preventiva decretada. Ambos eram considerados perigosos e integravam o grupo criminoso que assaltou, neste ano, o Banco do Brasil de Parobé, a Caixa Econômica Federal de Nova Hartz e o pedágio da ERS-474, em Santo Antônio da Patrulha.

Ainda em fevereiro, o grupo chegou a entrar em confronto com policiais catarinenses no município de São João Batista, em Santa Catarina. Naquela ocasião, três bandidos morreram e um ficou ferido. Os dois criminosos que morreram em Taquara estavam no confronto em Santa Catarina.

A ação foi coordenada pelo delegado Joel Wagner, da Delegacia de Roubos do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) e contou com apoio de policiais da Divisão Anti-Sequestro e da Delegacia de Roubos do Deic de Santa Catarina.

pc2

Polícia Civil fez ação para cumprir mandados e houve confronto com bandidos em Taquara

Fotos: Polícia Civil/Divulgação