Início Geral União e estado homologam situação de emergência em São Chico

União e estado homologam situação de emergência em São Chico

SÃO FRANCISCO DE PAULA, RS, BRASIL, 16.03.2017: O governador José Ivo Sartori, o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, e o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, sobrevoaram nesta quinta-feira (16), a região atingida por forte temporal em São Francisco de Paula. Após o pouso, a comitiva, acompanhada de deputados e autoridades locais, atendeu a imprensa no Clube Atlético Serrano, na cidade. Após a coletiva, realizaram uma visitação ao Centro de Triagem que organiza as doações aos desabrigados. Foto: Luiz Chaves/Palácio Piratini
Continua depois da publicidade

Em apoio aos moradores prejudicados pelo desastre natural ocorrido no final de semana em São Francisco de Paula, o governador José Ivo Sartori acompanhou o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, em sobrevoo pela região mais atingida. Em reunião após o pouso, o ministro anunciou que foi publicada no Diário Oficial da União a homologação da situação de emergência do município serrano de 20 mil habitantes.

O governador José Ivo Sartori lembrou da determinação dada na segunda-feira (13), enquanto ainda estava em missão internacional, para liberar R$ 175 mil para atendimentos de saúde como primeira ação do Estado para enfrentar as consequências do fenômeno climático. “A partir de hoje, faremos o encaminhamento objetivo para que essa situação se resolva rapidamente”, afirmou. “Prefeitura, Estado e União estão fazendo esforço integrado para melhorar o cenário, mas acima de tudo toda a sociedade deve ajudar”, acrescentou.

Sobre os recursos federais para ajudar centenas de desabrigados e mais de 400 residências destruídas, o ministro Hélder Barbalho explicou que a decretação de hoje dá início ao processo. “A nossa equipe em Brasília está mobilizada para priorizar respostas e análises a esses pleitos o mais rápido possível para que possamos liberar recursos ao Estado e à prefeitura, minimizando o sofrimento da população e iniciando a reconstrução”, garantiu.

O prefeito Marcos Aguzzolli entregou ao ministro e ao governador um plano de trabalho com o levantamento dos prejuízos, que somam R$ 33 milhões. “Nossa expectativa é a mesma que a do povo de São Francisco de Paula. Reunimos todos os órgãos em questão de dias para chegar a esse valor e conseguimos calculá-lo pela ânsia de resolver a situação, assim como muitas famílias que depositam esperança na gente”, destacou.

O secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow, também integra a comitiva. As autoridades, acompanhadas de deputados e civis, visitaram um dos bairros mais atingidos pelos ventos de mais de 100 quilômetros por hora e o ginásio municipal onde estão os desalojados e os donativos que chegam de todo o estado.

O governador José Ivo Sartori, o ministro da Integração Nacional, Hélder Barbalho, e o secretário Nacional de Proteção e Defesa Civil, Renato Newton Ramlow

Segundo a Defesa Civil, o total de danos e prejuízos pelo fenômeno classificado como tornado chegam a mais de R$ 189 mil, para o comércio, e R$ 180 mil, para a agricultura. Um óbito foi registrado e 2.655 mil pessoas foram afetadas, sendo 84 feridos, 600 desalojados e 370 desabrigados. São pelo menos 500 residências atingidas, sendo 285 danificadas e 65 destruídas.

Celso Rodrigues dos Santos, morador da Vila Isabel, estava dentro de casa com a mulher, a filha de três anos e a enteada de 15 quando sentiu a casa sair do chão. “Não sei como sobrevivemos, apenas a minha esposa teve uma contusão na cabeça. Agora voltamos a reconstruir aos poucos”, lamentou. Também foram atingidas as áreas do loteamento São Miguel e Santa Isabel, bairros Centro e Querência, o Distrito Industrial e a Vila Gaúcha. Na área rural, a localidade do Rio do Pinto foi a mais prejudicada.

Fotos: Luiz Chaves