Início Polícia Presos suspeitos de arrombar cerca de 10 vezes a escolinha do bairro

Presos suspeitos de arrombar cerca de 10 vezes a escolinha do bairro

Continua depois da publicidade

Na manhã de hoje, 05, agentes da Seção de Investigação da Delegacia de Polícia de Canela desencadearam a Operação “A Escola é da Comunidade”, quando cumpriram dois mandados de prisão preventiva.

Foram presos Fabiano Moura Pereira, de 33 anos, e Eduardo Jardim dos Santos, de 28 anos.

Os investigados são suspeitos de terem arrombado a Escola Municipal Corália Schaeffer por até 10 vezes, além de praticarem roubo à mão armada na cidade e furtos em veículos.

O Delegado Vladimir Medeiros, titular da Delegacia de Polícia de Canela e responsável pelas investigações, refere que a escola citada foi alvo de praticamente dez arrombamentos somente neste ano, causando prejuízo enorme às atividades escolares para os filhos dos moradores do Bairro São Lucas e proximidades.

Eles ainda teriam praticado roubos na cidade, com emprego de arma de fogo ou simulacro, contra pedestres. Uma família com criança pequena teria sido vítima de assalto praticado pela dupla no início da noite de 17 de abril no mesmo bairro, quando foi rendida com arma de fogo. Um dos criminosos foi detido, na noite de ontem, pela Brigada Militar, por suspeita de furto de veículo. O outro foi preso pela Polícia Civil de Canela em sua casa no início da manhã de hoje, no Bairro São Lucas.

Segundo a Polícia Civil de Canela, os dois são a principal dupla que vinha cometendo furtos com arrombamento e roubos na cidade, especialmente nas proximidades do próprio bairro. O Delegado Vladimir Medeiros afirmou, ainda, que é absolutamente inadmissível que sejam praticados furtos contra escolas públicas de bairros carentes, o que certamente motivou a Polícia Civil no empenho para obter rapidamente a decretação das duas prisões. Os dois criminosos foram encaminhados ao Presídio Estadual de Canela para cumprimento de prisão preventiva (sem prazo para soltura).

Foto: Reprodução/DP Canela