Início 360 Graus 360Graus por Francisco Rocha: Sete anos, Guia Folha de Negócios, Cachorro mordido...

360Graus por Francisco Rocha: Sete anos, Guia Folha de Negócios, Cachorro mordido por cobra e Internet

Continua depois da publicidade

Sete anos

Vamos para o nosso sétimo ano de atividades aqui na Folha de Canela.

O que para alguns era uma aventura, se consolidou como um dos principais veículos de comunicação da Região.

Neste 2018 que se inicia, temos o desafio de adequar nossa comunicação com o leitor entre as plataformas que dispomos, a impressa e a digital.

Investimos no digital e hoje apresentamos ao leitor a melhor experiência para o leitor entre os meios de comunicação da região, tanto na atualização das notícias quanto na qualidade do site e das ferramentas de redes sociais.

E vem mais por aí! Em março, estreiam novos produtos, com novas formas de levar a informação aos leitores da região.

Guia Folha de Negócios

Já estamos comercializando espaço na edição deste ano do Guia Folha de Negócios. Um guia de serviços e produtos completo, colorido, ótima qualidade, com 5000 exemplares distribuídos gratuitamente em Canela.

Você ainda tem a opção de colocar seu negócio no guia on-line, vinculado ao Portal da Folha.

Ligue agora para o (54) 3282-2739 ou para o (54) 98429-7910 (Whatsapp) e reserve seu espaço.

Cachorro mordido por cobra

Cachorro mordido por cobra tem medo de linguiça, dizia minha vó.

Foi só sair a notícia de que uma sessão extraordinária da Câmara de Vereadores de Canela estava prevista para a última terça e o burburinho de que os vereadores poderiam novamente tentar aprovar o 13º e férias para agentes políticos correu pela cidade.

Na verdade, a sessão foi para algumas adequações legais, tudo dentro da normalidade, mas que o pessoal ficou com a orelha em pé, ficou…

Internet

Essa semana a gente mostrou um dos serviços para o qual recebemos mais reclamações aqui na Folha: o CRVA. Acompanhamos um canelense nessa trajetória. Na semana que vem vamos falar de outro serviço que tem tirado a paciência do pessoal, provedores de acesso à internet.

Testamos a carteira de motorista digital

Funciona e é bem legal. Ainda vem com a vantagem de ser exportada em arquivo PDF com autenticador QR Code, o que equivale a uma autenticação do documento após impressa.

O único cuidado que se deve ter é de não ficar sem bateria no celular, de resto, funciona bem e é aceita assim como a de papel.

Como funciona?

Desde que foi disponibilizada para os gaúchos no dia 22 de dezembro, 2.184 motoristas já providenciaram a sua Carteira Nacional de Habilitação Digital e podem apresentar o documento no celular. O serviço foi disponibilizado pelo DetranRS antes do prazo de 1º de fevereiro, sendo o Rio Grande do Sul um dos seis primeiros Estados do país a adotar o documento digital.

A CNH-e é uma versão virtual da carteira de motorista. O documento digital tem a mesmo valor jurídico do documento impresso, podendo o condutor optar por utilizá-lo ou não.

Para utilizar a CNH-e, o condutor deve ter um documento no novo modelo, que contem o QR Code (código escaneável em aparelhos eletrônicos) na parte interna. Todos que tiveram a CNH emitida após 02 de maio de 2017 já possuem esse modelo. Se o condutor ainda possui o documento antigo, sem o QR Code, pode esperar a próxima renovação ou pedir uma segunda via do documento, em qualquer Centro de Formação de Condutores.

Antes de baixar o app no Google Play Store ou na App Store, o condutor deve ter um número de celular e um endereço de e-mail cadastrados na base do Denatran. Para isso, as opções são duas: dirigir-se a qualquer CFC, informar os dados – caso não estejam atualizados – e então realizar um cadastro no Portal de Serviços do Denatran; ou, ainda, para quem possui certificação digital, comunicar todos os dados diretamente no Portal do Denatran.