Início Cultura Feirinhas de rua e preços baixos: a combinação perfeita da estação

Feirinhas de rua e preços baixos: a combinação perfeita da estação

Foto: Cleiton Thiele - Feira Cultural, aos domingos, na Praça João Corrêa
Continua depois da publicidade

A campanha Verão em Canela, em vigor até o dia 25 de março, continua com preços arrasadores e uma programação especial para não deixar ninguém de fora. Entre os destaques estão a programação de lazer e de atualização profissional.
Uma das atrações deste verão é participar das feiras de rua. Aos sábados, pela manhã, acontece a feirinha de produtos orgânicos, ao lado Centro de Feiras, por ali é possível conhecer muitas pessoas bacanas, encontrar os mais variados alimentos orgânicos, além do artesanato local. A “feirinha” como é carinhosamente chamada por todos acontece das 9h às 13h e não importa as questões climáticas.
A coordenadora da feirinha, Heloíza Zuffo, diz que os participantes entendem “que a função maior desta feira e do espaço que ela ocupa aos sábados pela manhã, seja de aproximar o urbano da produção rural e principalmente da produção rural agroecológica. Cidades como  Canela e Gramado tem suas raízes rurais que sustentam todo o desenvolvimento que usufruímos hoje. A feirinha tem esse tom, lembrar ao morador da cidade, sua origem e a origem de seus antepassados além de acordar em todos nós o senso de comunidade, que por circunstância da vida ‘moderna’ tem sido bastante esquecido. Resumindo, queremos trazer pra Canela todos os sábados alimentos sãos, consciência e amizade”.
Já aos domingos, a Feira Cultural acontece na Praça João Corrêa a céu aberto,  e conta com a participação de expositores de artesanato, artes plásticas, antiquários, instituições e apresentações artísticas realizadas no Multipalco. Por este espaço, das 9h às 17h, muitas pessoas circulam e encontram as mais diversas relíquias que vão do artesanato ao antiquário
A presidente da Fundação Cultural de Canela, Ana Glenda Viezzer,  aponta que  “a feirinha é um atrativo cultural a mais para Canela. O departamento de Cultural do município que passou para a Fundação administrar e nós recebemos com muita alegria esta possibilidade pois,  percebemos que existe um espaço importante a ser trabalhado com a cultura local, afinal, os artesãos contam a história de Canela”.

Foto: Reprodução/Rosangela Alves – Feira orgânica acontece aos sábados, junto ao Centro de Feiras de Canela

A Feira Cultural iniciou em abril e tem a missão de seguir por um ano, “mas eu entendo que a Feira veio para ficar e deve se perdurar por longos anos”, diz Glenda, que vê neste espaço também uma forma de fomentar a economia dos artesãos pois, muitos tiram parte da sua subsistência durante a feira. “É muito gratificante ver esta interação”, diz.
A Feira acontece independente das condições climáticas.
Além da programação que está acontecendo neste período, visitantes e moradores podem aproveitar as promoções em 27 estabelecimentos participantes desta segunda edição do Verão em Canela, sendo um atrativo a mais para aproveitar a  Serra Gaúcha no verão.