Início 360 Graus 360Graus por Francisco Rocha: Os Prefeitos e O Mecanismo

360Graus por Francisco Rocha: Os Prefeitos e O Mecanismo

Continua depois da publicidade

Completei, neste mês de março, 20 anos na área da comunicação. Iniciei os trabalhos na Assessoria de Imprensa da Prefeitura de Canela, em 1998, tomei gosto por trabalhar nesta área e nunca mais parei. Neste mês de março, em que a Folha completa seis anos de atividades, também completo quinze anos atuando como colunista de opinião.
Chego a conclusão de que estou ficando velho…

Foto: Reprodução

Café Rex foi demolido
Ontem, parte do centro da cidade parou para assistir a demolição de um dos prédios mais antigos da Rua João Pessoa e um dos mais conhecidos também.
O prédio que abrigou por anos o Café Rex foi demolido, para dar espaço a uma construção mais nova.
É o progresso chegando. Se bem que eu gostava daquela esquina com a Dona Carlinda com os dois prédios arredondados e sem recuo.

Gilberto Cezar

Foto: Francisco Rocha

Ontem, em visita à redação, o vice-prefeito de Canela, Gilberto Cezar, falou sobre suas andanças na região. Ele não confirma abertamente, mas deve mesmo concorrer ao cargo de deputado federal.
Sendo assim, Cezar deve ser o único candidato da nossa macrorregião, incluindo Canela, Gramado, São Francisco, Nova Petrópolis e parte do Vale do Paranhana.
Seria uma boa, termos uma representação canelense na Assembleia Legislativa.
Aí que eu me refiro!

Prefeitos gremistas e colorados
Em conversa descontraída com o Prefeito Constantino, no lançamento do Chefs na Rua, na última segunda, chegamos a conclusão dos últimos cinco prefeitos de Canela, apenas dois eram gremistas: Constantino e Guinther Schilieper, ambos do PMDB. Os outros, todos colorados.
Os gremistas tiveram mais sorte no que diz respeito aos títulos nacionais e internacionais, foram nove do Grêmio contra sete do Internacional, desde 1971.
Os mais “pé quente” foram Guinther, que viu o Grêmio ser campeão brasileiro uma vez em cada mandato, e Ernani Reis, que viu dois títulos brasileiros do Inter no seu primeiro mandato.
O mais azarado foi Cléo Port, que de 2013 a 2016, além de não ver seu time erguer nenhuma taça de expressão, viu o Grêmio sair do jejum de 15 anos com a Copa do Brasil em 2016.

Cinco Prefeitos em 47 anos
Nessa mesma análise, vimos que em 47 anos, Canela teve apenas cinco prefeitos, divididos em 10 mandatos, desde 1971. Foram três mandatos de seis anos, Guinther Schlieper, Ernani Reis e Gunther novamente.
Após, com os mandatos de quatro anos, a partir de 1989, tivemos José Velinho Pinto, Guinther, Vellinho novamente, aqui com reeleição, ficando oito anos no cargo, depois Cleó Port duas vezes e Constantino duas vezes.

O Mecanismo
Tirei um tempinho para assistir o comentadíssimo seriado “O Mecanismo”, da Netflix. Gostei, na correria da semana com um dia a menos, consegui ver dois apenas.
Da pequena amostragem, dá pra ver que a série não poupa ninguém, sobre críticas para o Judiciário, Ministério Público, Polícia Federal e políticos, estes últimos, chegam a ser ridicularizados.
Gostei principalmente por, não poupar ninguém, a série mostrar que nós, povo, comum, somos ao mesmo tempo os grandes heróis e as grandes vítimas deste país.
Pra quem tem político de estimação, ou coloca num pedestal de santo quem ocupa cargo público, seja ele na instância que for, é um bom recado.
Uma dica, assista de alma aberta e tire suas conclusões.