Início Segurança Vereador pede a implantação da Colônia Penal em Canela

Vereador pede a implantação da Colônia Penal em Canela

Continua depois da publicidade

O Vereador Alberi Dias (PPS), presidente da Câmara de Vereadores de Canela, fez pedido junto ao Poder Executivo, para que seja estudada a implantação no município do Sistema da Colônia Penal Agrícola. Este modelo já foi adotado em diversas outras cidades do país, onde normalmente se destina a participação neste somente aos sentenciados do regime semiaberto e aberto. Essa solicitação atende a um pedido enviado ao vereador por membros da comunidade.
Uma colônia penal é um assentamento humano afastado da população em geral, colocando-os em um local remoto. Historicamente colônias penais pelo Brasil e fora dele, têm sido frequentemente usadas para o trabalho penal na parte economicamente subdesenvolvida do município, geralmente colonial, e em uma escala muito maior do que uma simples “fazenda de prisão”.
Essa iniciativa proporciona trabalho e ocupação aos presos, além de contribuir para a diminuição da reincidência, onde os mesmos trabalham em hortas ou estufas como já é feito no Presídio de Charqueadas, onde os resultados do mesmo já estão sendo comprovados. A reincidência dos crimes pelos quais os apenados foram presos diminuíram, além de gerar renda e apoio alimentar aos presos e seus familiares e ser um referencial em “tratamento penal”.

Além reduzir o tempo prisional, este projeto ressocializa o preso, além de dar a opção do mesmo poder se formar em Técnico Agrícola, e sair de lá com uma profissão já formada. A produção de hortifrutigranjeiros pode ainda ser fornecida a rede municipal de educação, transformando em uma renda ao preso e auxiliando nossa comunidade“, ressaltou Alberi.