Início Cidade Canela pode fazer empréstimo de R$ 38 milhões para asfaltamento de sete...

Canela pode fazer empréstimo de R$ 38 milhões para asfaltamento de sete ruas, morros e Rota Panorâmica

Foto: Eduardo Idalino - Empresários presentes concordaram que o Município deve adquirir o financiamento junto ao Badesul
Continua depois da publicidade

Prodetur é apresentado aos empresários do trade turístico que concordaram com o investimento

Numa reunião realizada na terça-feira, 03, no Hotel Klein Ville, o Prefeito Constantino Orsolin apresentou aos empresários o Programa de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo (Prodetur + Turismo), do Ministério do Turismo, que apoia municípios e também o setor privado do turismo, no acesso a recursos provenientes de financiamentos.
O chefe do Executivo falou sobre a conquista do município, que recebeu recentemente, das mãos do Governador José Ivo Sartori e do Ministro do Turismo, Vinicius Lummertz, o selo Brasil + Turismo, que garante prioridade de tramitação no programa. A proposta, em torno R$ 38 milhões, prevê a qualificação de estradas turísticas e atrações da cidade e do entorno.
Orsolin comentou que Canela foi o primeiro município do Brasil a receber a certificação e isso é o resultado do trabalho realizado pela Secretaria de Turismo e a Coordenadoria de Planejamento e Projetos. Como o Prodetur é um financiamento de 20 anos, Orsolin apresentou no encontro a situação financeira do município que tem a capacidade de endividamento de R$ 160 milhões, destes R$ 30 milhões ainda a pagar, restando R$ 130 milhões. “Não significa que vamos utilizar toda esta margem para financiamento, queremos apresentar a vocês dados concretos para que todos entendam que temos condições de abraçar mais essa conquista”, ponderou.
Constantino também destacou o cálculo de evolução de empréstimo com juros de 9%, 9,5% e 10% de 2018 até 2038. Evoluções do orçamento a partir de 2009 e para os próximos 20 anos também foram apresentadas, bem como informações dos próximos anos referentes a impostos como IPTU, ITBI, Refis, divida ativa, ISSQN, contribuição de melhorias, IPVA, FPM, FUNDEB e ICMS.
Finalizando a reunião, Orsolin solicitou aos presentes que levantassem a mão aqueles que fossem a favor do município adquirir este financiamento pelo Prodetur, com a grande maioria favorável a conquista dos projetos. “O financiamento será de 20 anos, passando por quatro administrações. A opinião da comunidade é de suma importância, pois os projetos visam o desenvolvimento econômico e turístico do município”, ponderou.

Fazem parte dos projetos cadastrados:
* Rota Panorâmica – Parte até Três Coroas em torno de 11.580.000,00. Trecho Jolimont/Cachaçaria (R$ 3.775.000,00)
* Asfaltamento nos Morros Queimado, Pelado e Dedão – R$ 9.150.000,00
* Pavimentação Caracol/Ferradura – R$ 6.900.000,00
* Ruas centrais – R$ 6.605.400,00 – Repavimentação
Visconde de Mauá – Augusto Pestana a João Pessoa
Dona Carlinda – Augusto Pestana a João Pessoa
Sete de Setembro – Dona Carlinda a Padre Cacique
Batista Luzardo – Dona Carlinda a Padre Cacique
Augusto Pestana – Visconde de Mauá a Jurgens Hubbe
Inácio de Moraes – Visconde de Maua até o Parque do Lago
* Sinalização Turística – Aproximadamente um milhão

Encontro de empresários na ACIC
Representantes do Badesul, em conversa com o Prefeito Constantino Orsolin, se disponibilizaram a vir a Canela e apresentar o financiamento, via Prodetur, para o setor privado do turismo. Solicitando a opinião do grupo todos concordaram e a ACIC estudará a disponibilidade de agenda para uma reunião-almoço que deve acontecer em breve.

Próximos passos
Apesar do valor de R$ 38 milhões estar disponível, a Prefeitura ainda quer conversar com a comunidade sobre a adesão ao financiamento. A contratação do empréstimo deve também passar por aprovação na Câmara de Vereadores.

Call Center
Aos interessados em tirar dúvidas ou se informar sobre o Programa Nacional de Desenvolvimento e Estruturação do Turismo (Prodetur+Turismo), o Ministério do Turismo conta com um call center para atendimento às demandas de gestores municipais e estaduais, além de empresários interessados em investir no setor. O número é o 0800-200-8484.