Início Educação Coluna Oficina da Criança por Melissa Rossi Rupphental: Chorar faz parte

Coluna Oficina da Criança por Melissa Rossi Rupphental: Chorar faz parte

Continua depois da publicidade

Seu filho chora para ficar na escolinha? Não se preocupe isso é apenas normal.

Pode acontecer na adaptação, podem acontecer dias depois e até mesmo anos depois (sinceramente sempre prefiro que chorem na adaptação). O mais comum é os pais ficarem pensando o que pode ter acontecido na escola, o que na maioria das vezes, não aconteceu nada. Separar dos pais é um processo doloroso para muitas crianças. Isso geralmente piora após o final de semana, feriados e férias.

Tenho certeza de que muitas educadoras passam por isso, de acontecer da mãe não chegar nem no portão e o choro já ter cessado.

É um momento difícil para todos, para os pais que sofrem, para a criança que chora e para a professora que fica sem saber o que fazer, mesmo tentando de tudo naquele momento. Mas precisamos pensar que as crianças, assim como nós, são seres movidos a sentimentos e particularidades. Não precisam estar todos os dias do mesmo jeito. Assim como nós, podem estar mais sensíveis, mais carentes, outros dias mais seguros, mais empolgados…

O mais importante é acontecer nesse momento uma troca entre pais e educadores. Pais passando para as crianças que vão ficar bem e para o professor que confia nele. E o mesmo deve acontecer no outro sentido.

Criança não vem com manual de instruções, geralmente tem dificuldades de expressar o que estão sentindo. Precisam ter confiança nos adultos que convivem e de qualquer maneira estes nunca irão substituir os pais.

Os pais devem ter confiança na escola e profissionais, ter um diálogo aberto, ter liberdade de perguntar quando se sentir inseguro. Estabelecer uma relação afetiva e de respeito entre família e escola também é valioso para o bem estar e permanência da criança na escola.

Então, os pais precisam entender que se a criança chora na entrada não significa que ela não gosta da escola ou dos professores ou que não se sente bem. Certamente quando os pais vão buscar a criança ela está bem e isso é a maior prova que chorar é normal.

Chorar faz parte do aprendizado e é também um sinal de que a criança está aprendendo a lidar com as frustrações que fazem parte da vida. E se você chorar também, tudo bem! Também está aprendendo a lidar com isso… pois filhos são como pássaros…