Início Oficina da Criança Coluna Oficina da Criança, por Melissa Rossi Ruppenthal: O Poder do Elogio

Coluna Oficina da Criança, por Melissa Rossi Ruppenthal: O Poder do Elogio

Continua depois da publicidade

Que receber elogio é bom acredito que todo mundo concorda. Mas penso mais além, acho que é uma forma de agradar a alma.
Um elogio pode fazer um dia difícil ficar mais fácil, um dia triste ser mais alegre, pode ser um incentivo, uma melhora na auto estima… pode ser tudo que alguém precisa naquele dia.
E como é mais fácil para nós julgar, criticar, condenar do que elogiar.
Como é mais fácil falar do outro sem estar no lugar dele. Como podemos julgar uma pessoa por uma atitude que nós achamos errada e simplesmente esquecer milhões de boas atitudes.
Por que é mais fácil guardar mágoa do que perdoar? Por que as vezes é tão difícil admitir nossos erros?
E se o elogio faz tão bem…por que não elogiarmos mais uns aos outros? Por que não elogiar a professora do seu filho por tudo que ela faz mas criticá-la pelo dia que ela levantou a voz com a turma agitada? Por que não elogiar a escola do seu filho, que muitas vezes é onde ele passa mais horas que na própria casa…mas criticá-la por alguma coisa que você não concordou.
Sim, porque criticar é sempre mais fácil. Estamos carentes de afeto, de reconhecimento e de elogios. E não falo em curtir ou comentar fotos nas redes sociais…até porque isso está tão comum que nem parece ser verdadeiro. Falo de elogiar sem motivo específico, de dizer para alguém o quanto você admira aquela pessoa, de dar um abraço sincero naquela pessoa importante para você, de agradecer os professores pelo que se dedicam aos seus filhos, mas não apenas no dia do professor.
Ontem ganhei uma cartinha de uma aluna no ballet…e também ganhei o dia porque ela demonstrou tanto carinho por ter lembrado de mim que aquilo foi muito importante.
As crianças, seguido olham pra nós na escolinha e dizem que somos lindas, ou do nada recebemos um abraço e um EU TE AMO mais sincero do que de um casal apaixonado. E nós não precisamos pedir, aquilo acontece naturalmente.
Agora, se for muito difícil elogiar, também evite criticar. Porque a crítica é construtiva quando vem de alguém que gosta de você, que quer o seu bem e que também sabe reconhecer suas qualidades.
Críticas de quem não sabe de nossas virtudes só magoam, não acrescentam em nada.
Vamos tentar elogiar mais as pessoas, o elogio tem poder sim ! Fortalece laços, agrada a alma de quem recebe e certamente ainda mais a de quem faz. É uma forma de presentear quem gostamos, gratuitamente.
Vamos também elogiar mais nossas crianças, reforçar suas qualidades e potencialidades. A criança também gosta de elogios, e podem ter certeza…elas sabem (e sentem) quando é sincero.
Eu não sou diferente, também esqueço de elogiar minha equipe, minha família, meus amigos, colegas de trabalho. Mas os meus alunos eu procuro sempre elogiar, receber com carinho…mesmo nos dias difíceis (pois eles existem para todos) e por isso sempre recebo em dobro todo esse carinho.
E você? Já elogiou alguém hoje ou apenas criticou?