Início 360 Graus 360 Graus por Francisco Rocha: Parabéns, Canela!

360 Graus por Francisco Rocha: Parabéns, Canela!

Foto: Arquivo Pessoal
Continua depois da publicidade

Parabéns, Canela!
Quando me perguntam se sou natural de Canela, geralmente respondo: “nascido e criado na Rua Sete”! Isso com uma ênfase característica de orgulho na voz.
Eu sei que sou bairrista, isso até me atrapalha um pouco. Mas, fazer o quê?
Essa minha paixão por minha cidade, junto com meu gosto por história da região e da minha família, me fizeram uma espécie de pesquisador amador deste assunto.
A família Martins da Rocha chegou nas terras do Campestre, provavelmente, no início da década de 1910, o que me dá propriedade para dizer que estamos por aqui há mais de um século.
Os “Taquara”, como era conhecida a família (uma porque vieram de Taquara, outra porque eram magros e altos, característica que não herdei), aqui se instalaram e fazem parte da história da cidade.
Hoje, comemoramos mais um aniversário de Canela, aniversário de sua passagem de Vila para cidade, pois, se formos ler a coluna do Luiz Antônio Alves, lá na página 4 do Caderno Dois, veremos que já existia gente por aqui há mais de 200 anos.
Quando iniciei a reforma da casa que hoje abriga a Folha de Canela, encontrei alguns documentos que por aqui ficaram esquecidos. Um deles é datado de março de 1944 e ainda cita Canela como Vila.
Escrevi acima alguns recortes, acredito que entender quem somos, de onde e porque viemos é fundamental para projetarmos o futuro.
Vida longa e próspera à nossa cidade! Parabéns à Canela e a todos os canelenses!

Canela, a maior cidade da região
Nossa região é formada por Picada Café, Nova Petrópolis, Gramado, Canela e São Francisco de Paula. Em termos de habitantes, Canela é a maior cidade da região.
Já passou da hora de nós, canelenses, absorvermos esta informação, para o bem e para o mal.
Para o bem, pois devemos nos orgulhar de nossa cidade e tudo o que ela representa para a região e para o Estado. Somos a maior cidade da maior região turística do Estado, de um polo que é referência no País.
Nós somos Canela, afinal!
Para o mal, porque devemos entender que com nosso crescimento, vem algumas mazelas. Somos uma cidade de interior muito desenvolvida, com isso, sofremos com o fluxo migratório, com as áreas invadidas e com o custo social na educação, saúde e assistência social.
Canela vem amadurecendo muito, mas é bom prestar atenção nestes sintomas para podermos, cada ano, mais orgulhosos, comemorar o aniversário de nossa cidade.

 

Feliz Ano-Novo
Vencemos 2018. Oiga-lhe tchê, que aninho difícil. Vamos comemorar, afinal, estamos aqui, podendo erguer um brinde na noite da próxima segunda.
Uma coisa que venho notando com as pessoas com quem converso, é um grande otimismo para o ano que vem e isso é meio caminho andado para crescermos ainda mais.
No más, quero agradecer a parceria de todos, equipe da Folha, colaboradores, entidades, anunciantes, leitores. Muito obrigado.
Desejo a todos uma ótima virada de ano. Que tenhas muita paz, saúde e realizações em 2019. Vamos juntos escrever esta história.
Boas festas e até ano que vem!