Início 360 Graus 360 Graus por Francisco Rocha: Falta de água persiste em Canela e...

360 Graus por Francisco Rocha: Falta de água persiste em Canela e Gramado e Savi na Presidência da Câmara

Continua depois da publicidade

Falta de água persiste em Canela e Gramado
A Prefeitura de Canela voltou a notificar a Corsan, na última terça (2), pela falta d’água no feriadão de Ano-Novo. Diversos pontos de Gramado e, pelo menos, três bairros de Canela (Eugênio Ferreira, Palace Hotel e São Luiz) voltaram a sofrer com a falta de água durante o último final de semana e no feriado,
Quando escrevi, no início de dezembro, que a obra da nova adutora da Corsan, que aumentaria a capacidade de abastecimento das Estações de Tratamento, não ficaria pronto em 2018, teve quem achou ruim. Pois bem, a obra não ficou pronta. Nenhuma novidade, em se tratando de obra pública.
Agora, a Corsan indica que precisará mais alguns dias para terminar a ligação da nova adutora, que traz água do Poço da Faca, no Rio Santa Cruz, em São Francisco de Paula, até as estações de tratamento de Canela e Gramado.
A Corsan justificou que a nova adutora fica em um terreno acidentado e poderia se romper caso fosse utilizada a capacidade máxima e que ajustes serão feitos em janeiro para que ela possa ampliar em 30% a captação de água.
Além disso, disse que a culpa da falta de água no final de semana foi de cortes na energia elétrica, o que parou o bombeamento para as estações. A Corsan pede a compreensão da comunidade.
Gente, desde novembro está essa folia e a explicação é simples, a Corsan não se preparou para a alta temporada. Trabalha de noite para captar e tratar a água que é usada de dia.
Vai ser preciso mais que essa nova adutora para resolver este problema da falta de água, apesar de a companhia dizer que sim. É só mais um paliativo.
E não adianta botar a culpa no turismo. Canela e Gramado trabalham para atrair cada vez mais pessoas para a região. Esse número só vai crescer. O que falta é investimento de verdade por parte da Corsan, sem enrolação e sem gambiarra, para resolver o problema da falta de água.
Em uma região como a nossa de mananciais abundantes e água limpa captada junto à natureza, deixar faltar água nos reservatórios é falta de planejamento. Não tem desculpa.
Infelizmente, para nossa comunidade, a perspectiva é que, em épocas de alta temporada e de calor, vai continuar faltando água.

Savi na Presidência da Câmara
Desde 1º de janeiro de 2019, a Câmara de Vereadores de Canela possui um novo presidente: Marcelo Savi. Acompanhado da Mesa Diretora, formada pelo Vice-presidente, Jonas Bohn Bernardo, 1º Secretário, Alberi Dias e 2º Secretário, Leandro Gralha.
Mesmo com a Casa Legislativa de recesso até o mês de fevereiro, Marcelo Savi já recebeu alguns representantes de entidades e já está ciente de todas as suas responsabilidades que este novo cargo o traz: “Ao final da minha vida política quero ser lembrado como um bom homem público que ajudou sua cidade. Estamos em uma época obscura na política nacional, e finalizarmos uma etapa na vida pública com elogios já mostrarão que fiz o meu dever. Nós os vereadores estamos fazendo um mandato em conjunto ao prefeito Constantino Orsolin, e juntos, seremos sim lembrados por ter devolvido Canela a seu lugar de destaque“, lembrou o Presidente.
Savi ainda prometeu total empenho nas áreas com os principais problemas na cidade de Canela: “Atualmente temos diversos problemas na cidade, mas a Saúde Pública e a Segurança sem dúvida são nossas principais prioridades. Estes dois temas estão sempre na frente quando se trata dos pedidos da comunidade, e como representantes do povo, temos que buscar soluções para o bem maior“.

Foto: Eduardo Saueressig

Prefeitura notifica Citral devido superlotação de ônibus
A nota abaixo foi emitida pela Prefeitura na terça (2). Publicamos no Portal da Folha e em duas horas bateu 3000 visualizações. Isso dá a noção da importância que a comunidade canelesne dá a este tema:
“Superlotação nos horários de pico e ônibus em número insuficiente para atender a demanda foi o motivo da Prefeitura de Canela, por meio do Departamento de Trânsito da Secretaria Municipal de Meio Ambiente, Trânsito e Ordenamento Urbano, notificar, na tarde de quarta (2), a empresa Citral Transporte e Turismo.O serviço de transporte no Município é regulado pela Prefeitura Municipal e a superlotação tem sido uma reclamação recorrente da comunidade.”