Início Cultura 100 anos de chegada do trem a Várzea será comemorada

100 anos de chegada do trem a Várzea será comemorada

Foto: Reprodução - A estação de Gramado, com o trem na plataforma, sem data. Foto do livro Era uma vez - Relatos de Gramado, de C. G. Dreckster e I. C. Koppe
Continua depois da publicidade

O vereador Luia Barbacovi (Progressistas) recebeu nessa semana a visita do professor Vanderlei Cavalcante, que é integrante de um grupo montado no bairro Várzea Grande para tratar das comemorações dos 100 anos de chegada do trem a localidade.
Na ocasião ele falou da importância da chegada do trem ao Bairro, apresentou o trabalho de coleta e resgate dessa história, feito por alguns professores, ao Vereador e informou que estará apresentando o mesmo aos Secretários de Cultura, Turismo e Educação, ainda nessa semana para que se possa fazer uma comemoração especial em junho, período em que se celebra o centenário.
O intuito dos Professores é que com mais ações possa-se resgatar um amplo material que servirá para contar a história desse feito, bem como ser utilizado de forma didática junto aos alunos para fundamentar a história de Gramado.
“A chegada do trem teve um reflexo imediato, em termos econômico e social, sendo um dos principais responsável pelo surgimento da atividade turística em Gramado e na região. Desta forma solicito uma sessão decentralizada desta Casa, junto ao Museu do Trem, na Várzea Grande, no dia 03 de junho, quando poderemos dar o reconhecimento deste legislativo a aquele histórico acontecimento”, explicou Luia.
A proposta segue para análise da Mesa Diretiva que deverá reuniu-se na próxima segunda-feira, dia 14, para emitir parecer sobre a solicitação.

A história
A linha de Canela foi aberta no trecho entre Neustadt (Rio dos Sinos) e Novo Hamburgo em 1876, sendo, na verdade, na época, um prolongamento da Porto Alegre-São Leopoldo. Em 1903, foi prolongada até Taquara. A linha chegou em Canela, seu ponto terminal, somente em 1922, de onde passou a se trazer a madeira abundante na região.
A demora deveu-se à dificuldade de construção do trecho de serra, onde em 48 km de linha se elevava de 30 metros acima do nível do mar, em Taquara, até 830 em Canela.
Em 11/03/1963, foi fechado o tráfego entre Taquara e Canela. No ano seguinte, a 16/11, fechou o trecho Novo Hamburgo – Taquara. Em 31/12/1966, o tráfego foi fechado no trecho restante, Rio dos Sinos – Novo Hamburgo. Em julho de 1967, já não existia mais nenhum sinal da velha linha de Canela.
A estação de Gramado foi aberta em 1922. Os trens de passageiros, no entanto, somente passaram a ir até a estação em 1924. Os trens foram desativados com a estação e o ramal em 1963.