Início Luiz Antônio Alves Luiz Antônio Alves: Medeiros – dos Açores à Serra Gaúcha

Luiz Antônio Alves: Medeiros – dos Açores à Serra Gaúcha

Continua depois da publicidade

Peço licença aos leitores para utilizar o espaço para falar um pouco do tronco dos Medeiros pelo meu lado paterno, ou seja, através da minha avó Maria Augusta de Medeiros. Em 15 gerações encontrei o casal mais antigo na pesquisa: Brás de Medeiros Luís e Agueda Pereira.
Os Genealogistas sabem que dependendo do casal que iniciamos a amostragem com a chamada Árvore de Gerações conseguimos uma lista de descendentes que abrange centenas ou milhares de pessoas. Os laços de família, com parentesco próximo ou distante, às vezes, nos afasta daqueles que estão na quarta, quinta, sexta ou décima quinta geração. E a maioria das pessoas aceita que parentes são apenas aqueles até os tataravôs. Nem consideram os primos em terceiro grau. No entanto, aqueles que sabem que fizemos parte de uma grande família, em termos universais e temporais, consideram o parentesco ligado ao DNA compartilhado e a um plano mais elevado de consciência e espiritualidade. Temos milhares de ancestrais, conhecidos ou desconhecidos.
No caso do casal açoriano Brás e Agueda, da Freguesia dos Cedros, Ilha do Fayal, Arquipélago dos Açores, que viveram por lá no século XVII, a sua prole imensa chega até aqui na Serra Gaúcha. E pela combinação de vários casamentos, pessoas têm hoje em dia outros sobrenomes diferentes dos patriarcas. Aqueles que tiveram os sobrenomes a seguir, possivelmente têm em comum o mesmo casal ancestral e pode ser conferido em meu site www.fuj.com.br: Acioli, Algayer, Almeida, Alves, Alves Pereira, Azevedo, Barcellos, Beirão, Bertussi, Boherer, Bossle, Camargo, Camargo Vieira, Carvalho, Castilhos, Corrêa, Costa Moraes, Diniz, Fogaça, Gil, Gonçalves, Goulart, Hoffmann, Isotton, Knob, Linck, Macedo, Mattos, Medeiros de Abreu, Medeiros Fernandes, Mendes, Moreira, Neves da Fontoura, Oliveira, Ramos, Ricardo dos Reis, Rocha, Rodolfo, Rosa, Ruperti, Scheifler, Scotti, Selistre, Silveira de Medeiros, Siqueira, Soares, Spiandorelo, Steinmetz, Terres da Luz, Tonolli, Umezú, Varella e Velho.
Em termos geográficos localizei descendentes em diversos municípios: Viamão, Porto Alegre, Vacaria, Muitos Capões, Lagoa Vermelha, Gravataí, Santo Antônio da Patrulha, Taquara, Canela, Gramado, São Francisco de Paula, Jaquirana, Cambará, Bom Jesus, São José dos Ausentes, Caxias do Sul, São Marcos, Osório, Capão da Canoa, Santa Maria, Cachoeira do Sul, Lages, Laguna, Nova Zelândia e Estados Unidos.
Para surpresa minha encontrei parentes famosos: Ramiro Barcelos, Sebastião Fonseca de Oliveira, João Neves da Fontoura, Honeyde e Adelar Bertussi, Arlene Medeiros de Abreu, Paulo Siqueira Scheifler, Rudinei Rupertti e Claudio Fortes, todos envolvidos no mundo das Artes e da Genealogia. E no Facebook encontrei gente que desconhecia serem meus parentes. Aleluia!