Início Canela Primeira reunião sobre a Semana Farroupilha reúne entidades

Primeira reunião sobre a Semana Farroupilha reúne entidades

Continua depois da publicidade

Reunião com entidades aconteceu na Secretaria de Turismo e Cultura

A primeira reunião alusiva à Semana Farroupilha deste ano foi realizada na Secretaria de Turismo e Cultura na terça-feira (16) à noite. Estiveram presentes representantes do CTG Querência de Canela, do CTG Tropeiro Serrano (UCS), do DTG Amigos Estancieiros, do DTG Chaleira Preta (Escola Neusa Mari Pacheco) e do grupo Os Tapejaras.

O encontro foi coordenado pelo diretor de Cultura Tiago Melo e pelo curador do evento, Márcio Cavalli. Melo, primeiramente, divulgou que a Semana Farroupilha será realizada no Espaço Rural, anexo ao Centro de Feiras. “Não será algo como se fosse uma Festa Colonial, pois teremos uma formatação diferente”, comentou.

Já o curador explicou que a edição deste ano sofreu cortes na programação inicialmente definida devido à necessidade de destinar recursos para o Hospital de Caridade, que está sob intervenção do Município. Mesmo assim, o sucesso estará garantido na parte artística, já que estão confirmados grandes nomes como Luiz Marenco, Os Serranos e Os Tiranos.

A Semana Farroupilha de Canela terá sua parte cultural bem presente junto ao público estudantil, com encontros de invernadas, palestras, oficinas e torneio de vaca-parada como integrante da Olimpec. O foco do evento é a educação, a inserção na cultura gaúcha, o que se dá muito fortemente pelas escolas. Ano passado, Canela teve uma das mais completas programações direcionadas aos estudantes de todo o estado, pois levou desde oficina de encilha a cinema, além de envolver estudantes do Ensino Superior.

O Movimento Tradicionalista Gaúcho (MTG) definiu “Vida e Obra de Paixão Côrtes” como tema dos Festejos Farroupilhas deste ano. “Em 2017, Canela foi a única cidade a homenagear os 90 anos do Paixão em vida, pois sabíamos do seu estado de saúde – tanto que ele faleceu no ano seguinte. Será um mérito repetir essa homenagem, agora póstuma. E também teremos destaque para uma programação em homenagem à mulher gaúcha, tema anual definido pelo MTG”, diz o curador.

“Essa primeira reunião foi muito propositiva, o que é muito bom. A Semana Farroupilha, primeiro de tudo, tem que passar a mensagem de integração com todas as entidades tradicionalistas que quiserem somar”, entende o diretor de Cultura Tiago Melo.  

A programação completa deverá ser divulgada até meados de agosto.

Foto: Divulgação