Início Saúde Setembro amarelo alerta para evitar casos de suicídio

Setembro amarelo alerta para evitar casos de suicídio

Continua depois da publicidade

O próximo 10 de setembro será o Dia Mundial de Prevenção do Suicídio. Em razão disso, desde 2015, algumas associações se mobilizaram para criar o “Setembro Amarelo“, uma campanha de conscientização sobre a prevenção ao suicídio. “A ideia é pintar, iluminar e estampar o amarelo nas mais diversas resoluções, garantindo mais visibilidade à causa“, diz o movimento, liderado por CVV (Centro de Valorização da Vida), CFM (Conselho Federal de Medicina) e ABP (Associação Brasileira de Psicologia).

Segundo a OMS (Organização Mundial da Saúde), nove em cada dez mortes por suicídio podem ser evitadas. No Brasil, 32 pessoas se matam por dia. No mundo, há uma morte do tipo a cada 40 segundos. Por isso, o movimento é feito para mostrar que a prevenção é fundamental para reverter a situação.

Girassol é símbolo de campanha

Todas as manhãs o girassol parte em busca do sol, seguindo a luminosidade insistentemente, porque precisa dela para crescer e florescer. Mesmo quando o sol está escondido entre as nuvens, a flor gira persistente, apesar da dificuldade, em direção à luz. Em alusão a esse comportamento da natureza, o girassol foi escolhido como símbolo da campanha Na Direção da Vida – Depressão sem Tabu, iniciativa do movimento mundial Setembro Amarelo, que tem o objetivo de abrir o diálogo e alertar a sociedade sobre o tema.

Os usuários de redes sociais serão convidados a postar o ícone do girassol para mostrar que estão dispostos a falar sobre o assunto #depressaosemtabu. Eles também poderão conhecer o site www.depressaosemtabu.com.br, que traz informações sobre o tema e orientações sobre a identificação de comportamentos de risco em pessoas próximas.

Fora da internet: caminhada pela vida

Em Canela, no próximo dia 18, acontece a Caminhada Todos Pela Vida e aula de zumba (com a educadora física Patricia Athaydes), aberta à população em geral, com início às 10h30min, na Praça João Corrêa.

Já no dia 24, acontece a palestra com as psicólogas Ana Luisa Martinez e Soraya Maihub Manara sobre “Acolhimentos das questões da Adolescência”. Ainda, durante o Setembro Amarelo, acontecem palestras nas escolas para debater o tema.