Início Empreendimentos Começam as obras da Rua Coberta de Canela

Começam as obras da Rua Coberta de Canela

Continua depois da publicidade

Espaço faz parte da última etapa do complexo Estação Campos de Canella que deverá ser entregue até o fim do ano

Em breve, Canela terá sua Rua Coberta. O novo ponto turístico faz parte do complexo Estação Campos de Canella e começa a ganhar forma no centro da cidade. Com o avanço das obras, as estruturas que irão sustentar o telhado já podem ser vistas despertando curiosidade entre moradores e turistas que passam pelo local.

Logo em frente à rodoviária, o espaço irá abrigar quiosques comerciais e ampliar a área do centro turístico. Uma imponente cúpula de vidro vai conectar a nova área à já existente, formando um eixo com opções de compras, entretenimento e gastronomia em um total de 42 lojas. 

A previsão é de que até o fim do ano o projeto seja finalizado. Junto com a Rua Coberta, 17 novas lojas e mais de 50 apartamentos serão entregues. Esta é a terceira fase da Estação Campos de Canella, empreendimento que revitalizou a antiga estação férrea da cidade e transformou o centro de Canela. 

Iniciado em 2017, o projeto é um bem-sucedido case de parceria público-privado. Com concessão de 20 anos, a Novalternativa iniciou seu trabalho com a recuperação da antiga locomotiva La Meuse e de seus dois vagões que estavam abandonados há mais de dez anos. 

Na segunda etapa, em janeiro deste ano, aconteceu a inauguração oficial com a abertura das primeiras operações do complexo ocupando novas áreas construídas e a própria estrutura da antiga estação ferroviária, inclusive os vagões. Hoje, oito marcas entre lojas e restaurantes funcionam no local e, até o final de novembro, outras duas abrem as portas. 

“A Estação Campos de Canella consolidou-se como um grande fator de inclusão social, geração de emprego e renda. Até o momento o complexo emprega 67 pessoas de forma direta, em sua imensa maioria canelenses, que hoje possuem uma oportunidade de trabalhar em sua cidade natal. Cabe ressaltar que, na conclusão do empreendimento e operação completa das 42 unidades, estima-se um volume superior à 250 empregos diretos, tornando-se uma das maiores empregadoras da cidade”, destaca Carlos Alfredo Schaffer, diretor comercial da Estação Campos de Canella.

Fotos: Divulgação