Início 360 Graus Pensei que era liberdade Mas, na verdade era só solidão

Pensei que era liberdade Mas, na verdade era só solidão

Foto: Reprodução - “Mais uma luz se apaga no prédio em frente ao meu é a última janela iluminada. Nada de anormal... amanhã ela vai voltar” ...
Continua depois da publicidade

Eu gosto muito de Engenheiros do Hawai, acho o som deles muito legal e é uma das bandas mais injustiçadas no cenário do pop/rock nacional, internacional e intergaláctico (não por eu ser bairrista e Engenheiros ser uma banda gaúcha, é por que é bom mesmo), mas isso é papo para outra coluna.

Quero, na verdade, utilizar trechos da música O Preço, como o que abre esta coluna, para ilustrar algumas coisas que vem acontecendo na política local.

Nesta semana, o vereador Jerônimo Terra Rolim (PSDB), voltou a se manifestar dizendo que está sendo perseguido pela atual administração municipal e pelo seu próprio partido por ter opinião própria e ter agido pela comunidade.

Segundo o que falou em várias sessões na Câmara, Rolim deve passar por um processo no conselho de ética do PSDB e corre risco de expulsão, além de responder a um processo movido pelo próprio prefeito Constantino.

Na verdade, Jerônimo está enfrentado algo que é próprio da política. A banda toca assim aqui neste país. Não adiantou nem mesmo ter votado com o governo em diversos projetos.

“O preço que se paga as vezes é alto demais, é alta madrugada, já é tarde demais, pra pedir perdão, pra fingir que não foi mal” …

PDT muda o tom?

A Câmara de Vereadores é uma espécie de caixa de ressonância da política local. Apesar de ela ecoar bem menos do que os nobres edis acreditam que ecoa, dá pra se ter ideia de qual é o tom que ela tenta tocar (poucas vezes afinada).

Na sessão da última segunda (2), pela primeira vez na história dessa legislatura, os três vereadores do PDT levantaram para votar contra uma iniciativa da Prefeitura, o projeto que regulamenta o corte de árvores nativas em Canela.

É uma mostra clara que as peças já começam a se movimentar com relação às Eleições Municipais de 2020. E isso é só o começo.

Como diria Gessinger, “pensei que era liberdade, mas, na verdade, era as grades da prisão”!

Curtas (igual memória de eleitor)

– A combinação de lixo amontoado nas ruas com cachorros soltos é quase a fotografia do caos…

– Dizem as más (e boas) línguas que mesmo o MDB indo com chapa pura na próxima eleição, haverá disputa para decidir o vice de Constantino, pelo menos por três nomes do 15. Dizem…

– O Portal da Folha é o veículo com maior alcance de público da região.

– Dizem (outras línguas diferentes) que teve secretário municipal entregando o cargo e pegando de volta em menos de 24 horas (nisso os caras são ligeiros).

– O Portal da Folha é o veículo com maior alcance de público da região.

– Deu na rádio corredor que vai ter candidato trocando de partido antes mesmo do partido ter um candidato.

– O Portal da Folha é o veículo com maior alcance de público da região.