Início Canela Brigada Militar atendeu mais de 7 mil ocorrência em Canela e Gramado...

Brigada Militar atendeu mais de 7 mil ocorrência em Canela e Gramado no último ano

Continua depois da publicidade

As ações da corporação resultaram em 1.345 prisões nas duas cidades

Capitão Lemartine Venzo, comandante do policiamento da Brigada Militar de Gramado e respondendo pelo Comando de Canela, ressalta o trabalho realizado em 2019: “Houve uma significativa diminuição dos furtos na região e isso não é à toa, é o resultado de um trabalho árduo, de um planejamento, organização e o empenho de cada um dos Policiais Militares, que fazem a diferença.” disse. “Muitas pessoas nem percebem, ou esquecem, mas enquanto dormem há uma viatura e Policiais Militares nas ruas garantindo a tranquilidade da comunidade e impedindo que o crime aconteça.” completou o capitão Venzo

No ano de 2019 foram 7.085 ocorrências atendidas, sendo 3.670 pela Brigada Militar em Gramado, com 494 prisões; e 3.415 atendidas pela BM em Canela, com 851 prisões. Se contar os dois municípios foram 1.345 prisões, foi um pequeno aumento nas ocorrências em relação ao ano de 2018, quando foram executadas 1.260 prisões.

Importante destacar o número de abordagens de pessoas e fiscalização em veículos: Em Gramado foram mais de 49 mil pessoas identificadas e quase 35 mil veículos. Em Canela foram quase 26 mil pessoas e 15 mil veículos. Outra preocupação com a prevenção são as visitas nas escolas, seja com o Proerd ou com a patrulha escolar, que ocorreram mais de 1.800 vezes durante o ano que passou.

O oficial ainda lembra o incremento do efetivo permanente nos municípios e o reforço para os eventos. “Mais do que lamentar da situação, por um ou outro motivo, reconhecemos a importância de termos em nosso efetivo, Policiais Militares comprometidos com a comunidade. Procuramos ainda, planejar o policiamento de acordo com os eventos das cidades e direcionar as forças em horários de maior incidência.” “Em 2020 a Brigada Militar vai continuar trabalhando para prevenir os crimes e proteger o cidadão de bem”, finaliza o capitão Venzo.

Tão ou mais importante que realizar prisões é evitar que a ação criminosa aconteça. Com o policiamento ostensivo atuante, a presença de viaturas e do Policial Militar fardado nas ruas é que conseguimos reprimir os crimes. Desta forma, é possível transmitir a sensação de segurança para as comunidades, para os turistas e visitantes que procuram a região, por ser este um dos principais atrativos.

Fotos: Reprodução/1º BPAT