Início Canela Canela projeta Aeroporto das Hortênsias com estação aduaneira e terminal de carga

Canela projeta Aeroporto das Hortênsias com estação aduaneira e terminal de carga

Fotos: Reprodução – Projeto do terminal turístico
Continua depois da publicidade

Projeto seria construído com recursos privados e pode mudar o eixo econômico da cidade, sem depender exclusivamente do Turismo

Um aviso, não tem volta, vamos ter um aeroporto em Canela”. A frase é do diretor de oportunidades e negócios da Associação Comercial e Industrial de Canela, Alfredo Schaffer, durante o Debate Folha, transmitido ao vivo pelo Portal da Folha, na última quarta (6). Ele complementa, “não é que teremos por que queremos ter, simplesmente, é porque a região precisa ter um aeroporto”.

O assunto Aeroporto das Hortênsias fui um dos debatidos no programa apresentado pelo jornalista Francisco Rocha, que contou ainda com a participação do vice-prefeito Gilberto Cezar.

Segundo Schaffer, “o aeroporto de Canela será de extrema importância na retomada do turismo no período pós-Covid-19. O projeto está sob um solo firme e só tende a crescer e ser executado”.

Um dos diferenciais do projeto de Canela é que ele será bancado pela iniciativa privada, ao contrário de seu principal concorrente, Vila Oliva, em Caxias, que tem o recurso público como principal realizador. Assim, neste período de esvaziamento dos cofres públicos e queda de receitas dos órgãos governamentais, em razão da pandemia do novo coronavírus, o projeto canelense ganha força e já é vislumbrado como alternativa real.

Esse projeto é de toda a região, é o Aeroporto das Hortênsias, não apenas de Canela”, complementou Alfredo, indicando que a área canelense já possui a outorga por 35 anos, para a instalação desde outubro do ano passado.

Debate Folha falou sobre o novo projeto. Clique para assistir o programa na íntegra

Já o vice-prefeito, Gilberto Cezar, acredita que “logo teremos as licenças ambientais da ampliação da área do projeto e nos próximos meses poderão ser iniciados os processos de abertura de editais, o passo definitivo para a instalação do aeroporto”.

Existe um grupo de investidores que representa fundos internacionais de investimento, inclusive com uma carta de intenções de colocação de recursos para a viabilização da construção do novo aeroporto.

Diversificação da economia

Em épocas que o turismo sofre pelo isolamento social, a opção de modal de cargas em um aeroporto em Canela surge como atividade econômica alternativa, com central de cargas rodoviárias e estação aduaneira e centro comercial de serviços, vão colocar Canela no mapa de grandes investimentos, com geração de emprego e renda fora do eixo turístico.

Foto: Reprodução – Maquete da plataforma logística multimodal de Canela

Multimodal de cargas é a novidade

O projeto do aeroporto turístico foi implementado, contando agora com um modal de cargas, que compreende uma estação aduaneira, facilitando a importação e exportação, através de um porto seco, e terminal aéreo de cargas, que vai elevar o Aeroporto das Hortênsias a um grande centro, que compreende:

1) Transporte de mercadorias: despachantes de carga, exportadores, operadores logísticos e serviços de aduana.

2) Serviços auxiliares como: armazenagem, manutenção e conserto de máquinas e equipamentos.

3) Inteligência logística: combinando multimodalidade, telemática e otimização de fretes.

O município de Canela é adequado para a instalação de qualquer empreendimento cujo foco seja a distribuição de mercadorias, pela facilidade de acesso aos eixos de transporte rodoviário e pela complementação do fluxo turístico.