Início Canela Canela – Caravana Cultural busca valorização dos artistas

Canela – Caravana Cultural busca valorização dos artistas

Continua depois da publicidade

Em reuniões semanais, Secretaria de Turismo e Cultura de Canela e agentes culturais formatam a programação do evento

Os agentes culturais de Canela foram convidados pela Secretaria Municipal de Turismo e Cultura para planejar e formatar a Caravana Cultural. Com atrações totalmente gratuitas aos finais de semana, o evento está programado para ocorrer entre 1° e 30 de setembro. Para contribuir com os artistas locais, que estão sem poder trabalhar em função da pandemia, a Prefeitura de Canela vai contratar os profissionais exclusivamente locais para o evento.

“Nossa intenção é ampliar a parceria que iniciamos em 2017. Vamos reforçar e valorizar ainda mais os artistas de Canela”, afirma o secretário de Turismo e Cultura, Ângelo Sanches

Além de valorizar os talentos locais, a Caravana Cultural vai levar os mais variados tipos de arte para todos os cantos de Canela. “Nossa cidade sempre foi um palco a céu aberto. Somos berço de uma classe artística talentosa. O evento é uma forma de valorizar a classe cultural local, mas também de levar essa arte para os bairros e o Centro de Canela”, diz Sanches.

RETOMADA

Em função da pandemia do coronavírus, o evento foi remanejado para o segundo semestre e irá ocorrer somente dentro de condições adequadas de saúde, conforme previsto no Plano de Retomada Econômica de Canela. Segundo a diretora de Projetos e Eventos da Secretaria de Turismo, Camila Pavanatti, foi criado um grupo de trabalho para organizar a programação. Além de Camila, o grupo é formado por Jeferson Oliveira, Daniel Luiz de Almeida, Carla Reis, Elias Rosa, Fernando Martinotto e Carlos Eduardo Fernandes. O evento vai reunir diversas demonstrações artísticas: teatro, danças, músicas e oficinas.

Conforme a diretora, a programação está sendo projetada para valorizar e contribuir economicamente com a classe artística local. “O nosso objetivo é valorizar exclusivamente o artista canelense”, frisa.

Foto: Eduardo Idalino