Início 360 Graus 360 Graus – O tempo não para

360 Graus – O tempo não para

Continua depois da publicidade

Você já deve ter ouvido a música Paciência, do Lenine. Foi amplamente tocada durante o isolamento por Covid-19. “Enquanto todo mundo espera a cura do mal; E a loucura finge que isso tudo é normal; Eu finjo ter paciência O mundo vai girando cada vez mais veloz … A vida não para”!
E não para mesmo. Aqui em Canela, há algum tempo estamos vendo os sintomas do ano eleitoral. Agora, parece que já temos casos confirmados de politiquiti aguda. Vai piorar. Vai se espalhar na população. Aqui no Brasil, politizamos doença, remédio, frases, politizamos tudo. Eu me nego acreditar que este possa ser o nosso novo normal, porque se for, preciso dizer que é muito chato. E também não adianta dizer que existe pós-Covid.

Denúncia do Lixo
O amigo Marcelo Savi pediu para avisar que na próxima segunda (25), o secretário Jackson Muller estará na Câmara de Vereadores falando sobre a denúncia de supostas irregularidades na coleta de lixo.

Desenterraram o sapo
Desenterraram o sapo que havia nas ruas Dona Carlinda e Batista Luzardo. Finalmente a obra começou a andar e os moradores e comerciantes do local vão deixar de conviver com a poeira, buracos e resto de obras.
No detalhe, o sapo que emperrava o andamento das obras:

Coragem digital
O que estamos experimentando, com o distanciamento social para enfrentar a Covid-19, é a evolução de um modelo de trabalho que, provavelmente nos nossos planos, chegaria somente em alguns anos. Por quê? Porque não tínhamos “coragem digital”. O que aconteceu nos obrigou, da noite para o dia, a mudar a forma de trabalhar e de nos relacionar com colaboradores e clientes. E nós, temos que fazer mea-culpa, porque não era uma questão tecnológica, pois tudo está funcionando. Era um problema do nosso medo de dar esse passo. É o medo da inovação e do que é incerto, que é também o álibi para não avançar. A Folha está lançando uma série de produtos digitais, dentro da proposta de vanguarda que nossa editora sempre teve nesta área. Quer atingir mais clientes no digital? Vem pra Folha!