Início Coronavírus Ambulatório de Campanha de Nova Petrópolis será desativado a partir de 1º...

Ambulatório de Campanha de Nova Petrópolis será desativado a partir de 1º de outubro

Foto: Kassandra Dorneles
Continua depois da publicidade

Decisão tomada pelo Comitê de Crise está baseada na real diminuição do número de casos positivos ativos desde o início de setembro

O contrato de locação de estruturas e materiais do Ambulatório de Campanha de Nova Petrópolis não será renovado pelo Poder Público Municipal. A decisão, tomada pelo Comitê de Crise contra o coronavírus do Município, está fundamentada na real diminuição do número de casos positivos ativos desde o início de setembro.

A estrutura foi montada como uma estratégia de enfrentamento à pandemia como forma de precaução. Desde o início, o propósito nunca foi ativar o ambulatório de campanha porque isso indicaria um volume muito alto de infectados. Como órgão de saúde, agradecemos por não ter havido essa necessidade. Os méritos são da comunidade que aderiu às ações de prevenção do novo coronavírus e às equipes de saúde e assistência social do Município que desde março atuam fortemente no combate e enfrentamento à COVID-19 no Município”, enfatiza a secretária Municipal de Saúde e Assistência Social, Cláudia Pires.

RECEBA AS NOTÍCIAS DO PORTAL DA FOLHA GRATUITAMENTE NO SEU WHATSAPP!

Montagem do ambulatório – Foto: Marcelo Moura

Durante a montagem do ambulatório, a comunidade doou diversos itens e materiais para equipar o espaço. O estoque de água mineral será destinado ao Hospital Nova Petrópolis e os demais itens como cobertores, EPIs e outros materiais serão absorvidos nas Unidades Básicas de Saúde para utilização no atendimento da população. A partir de 1º de outubro, a empresa contratada fará o recolhimento dos equipamentos locados e os itens emprestados serão devolvidos.

Recebimento de doações da comunidade – Foto: Jordana Kiekow

O Ambulatório de Campanha foi estruturado nos primeiros dias de abril de 2020. O espaço de 39 leitos separados por divisórias, foi montado para atender pacientes de Nova Petrópolis que apresentassem sintomas leves e moderados de síndrome gripal, caso a atual estrutura do sistema de Saúde do Município não fosse suficiente para atender o número de pacientes durante a pandemia de coronavírus COVID-19. Área de espera, sala de recepção, duas salas de triagem, duas salas de apoio às equipes de saúde, três consultórios médicos, salas de preparação e aplicação de medicação, nove ambulatórios e alas de observação masculina e feminina também faziam parte da estrutura do Ambulatório de Campanha.

O Poder Público Municipal investiu o total de R$ 154.552,23, sendo R$ 149.481,95 por meio de transferência de recursos do Fundo Nacional da Saúde (FNS) e R$ 5.070,28 de recursos próprios, em locação de estruturas, locação de cilindros de oxigênio e recarga, materiais elétricos e hidráulicos, serviços e materiais de limpeza, entre outros itens para estruturação do Ambulatório de Campanha de Nova Petrópolis.

Com a desmontagem do Ambulatório de Campanha, a equipe do Disque Coronavírus será realocada na Unidade Básica de Saúde (UBS) do Bairro Piá. Os profissionais seguirão com as testagens, monitoramento de pacientes confirmados e suspeitos para COVID-19 e auxílios às Estratégias de Saúde da Família (ESFs). A comunidade pode contatar o Disque Coronavírus pelo e-mail [email protected]; pelo fone ou WhatsApp do número (54) 9-9983-7163 ou ainda através do link https://wa.me/555432982660.

Para mais informações sobre as ações desenvolvidas pela Secretaria Municipal de Saúde e Assistência Social na prevenção ao coronavírus, acesse o site oficial do Município: www.novapetropolis.rs.gov.br ou ligue (54) 3298-2650. Na página oficial do facebook da Prefeitura de Nova Petrópolis, facebook.com/novapetropolisrs, encontre informações atualizadas, fotos e vídeos das ações realizadas pela Administração Municipal. Saiba mais sobre o turismo de Nova Petrópolis em turismo.novapetropolis.rs.gov.br. Siga Nova Petrópolis no Instagram @prefeituranovapetropolis e no Twitter @prefeituranp.