Início Canela Bonecando na Quarentena atraiu mais de 3 mil pessoas na internet

Bonecando na Quarentena atraiu mais de 3 mil pessoas na internet

Continua depois da publicidade

No domingo (27), o grupo canelense Daiene Cliquet Artes encerrou o projeto Bonecando na Quarentena com uma transmissão ao vivo pelo Instagram. Durante 27 dias, os artesãos e bonequeiros Daiene e Cesar Cliquet desenvolveram aulas de artesanato para a confecção de um personagem e apresentação de teatro de bonecos na internet. Além disso, eles uniram a literatura gauchesca para a narração de histórias, a fim de evidenciar a cultura gaúcha no mês de setembro.

RECEBA AS NOTÍCIAS DO PORTAL DA FOLHA GRATUITAMENTE NO SEU WHATSAPP!

Contemplado pelo Edital FAC – Pró Cultura RS, em parceria com a Universidade Feevale, o projeto alcançou, no total, 3093 pessoas. O número de visualizações dos conteúdos disponibilizados em vídeo chegou a  2117. Para o grupo, o alcance foi significativo por se tratar de um projeto desenvolvido de forma inédita para eles. “Este projeto teve o diferencial de ter sido totalmente idealizado e produzido durante o período de isolamento social. Em cada etapa um novo aprendizado para nós, não apenas nas funções já rotineiras de bonequeiros e artesãos, mas na edição dos vídeos, na melhoria do som, cenário, transmissões pelas redes sociais, por exemplo”, avalia Cesar.

Projeto com desafios
Para que tudo saísse como o esperado, o grupo preparou o projeto por dois meses, além dos quase 30 dias de trabalho intenso nas transmissões pelas redes sociais. Conforme Daiene, as gravações ocorreram nas madrugadas para evitar barulhos externos, melhorando a qualidade do áudio. “O Bonecando na Quarentena saiu do papel e tomou forma, foi um desafio sair dos palcos e praças e ir para a frente da câmera. Aprendemos sozinhos a produzir e editar os vídeos, sem nenhum dinheiro, apenas com o que já tínhamos em casa. Posso dizer que saímos melhores e mais fortes, e com a certeza de que quando a gente quer algo não há desculpas, a gente faz e faz com muito amor”, resume Daiene. Cesar completa que fica o sentimento de mais um trabalho prazeroso realizado. “Tudo o que produzimos está disponível para acessar a qualquer momento, seja para uma diversão com a contação de histórias, ou para aprender a fazer um boneco”, aponta o bonequeiro.

Mesmo com o encerramento do projeto, as atividades seguem disponíveis no canal do Youtube Daiene Cliquet Artes. O grupo fica à disposição para sanar dúvidas, além do envio dos moldes por e-mail ou WhatApp. Os contatos são (54) 9 8400-0812 e [email protected].