Início Meio Ambiente Esvaziamento de Laranjeiras causa morte de peixes e falta d’água no Paranhana

Esvaziamento de Laranjeiras causa morte de peixes e falta d’água no Paranhana

Fotos e vídeos: Reprodução/SMMAMOU Canela
Continua depois da publicidade

Peixes mortes foram flagrados nas margens, nesta manhã. Sujeira da água impede abastecimento de Três Coroas e Igrejinha

Na manhã desta terça-feira, dia 20, as águas do Rio Paranhana ficaram turvas, com excesso de lama e com inúmeros peixes mortos nas margens. A causa foi a abertura da barragem das Laranjeiras, na divisa entre Canela e Três Coroas.

Foto: Reprodução/Lucas de Freitas – Verde TV

A barragem está sendo esvaziada para reparos. No início de setembro, o governo do Estado informou que está assumindo a área e que, após os reparos, a CEEE-GT deve assumir o local.

Desde 2012, as comportas estão danificadas, devido a um ato de vandalismo, o que não permite controlar o nível de água da barragem, que fica sempre na capacidade máxima, com água extravasando pela parte superior do barramento.

Neste ano, um novo vazamento surgiu abaixo da casa de máquinas.

Para realizar o conserto, a barragem teve que ser esvaziada, porém, com as consequências que abriram esta matéria.

Além do impacto ambiental, a sujeira na água vai causar a interrupção do abastecimento de água em Igrejinha e Três Coroas.

As prefeituras de Canela e Três Coroas acompanham o caso e informam que a ação, caso exista dano ambiental, será tomada pela FEPAM – Fundação Estadual de Proteção Ambiental Henrique Luiz Roessler – RS, uma vez que a atribuição é estadual.

O secretário de Meio Ambiente de Canela, Jackson Muller, esteve no local durante a semana e uma equipe da SMMAMOU acompanhou os trabalhos durante o dia de hoje.

A redação da Folha entrou em contato com o Governo do Estado e obteve a seguinte manifestação:

Como medida de segurança, reservatório da Barragem das Laranjeiras é esvaziado
A Secretaria Estadual do Meio Ambiente e Infraestrutura (Sema) informa que por medidas de segurança, preservando a vida das comunidades locais, no sábado (17/10) iniciou-se o esvaziamento do reservatório da Barragem de Laranjeiras, localizada na divisa entre Três Coroas e Canela.
A intervenção foi uma medida pontual e emergencial para que a Companhia Estadual de Geração e Transmissão de Energia Elétrica (CEEE-GT) pudesse avaliar as condições estruturais da barragem que foi construída na década de 60 e estava desativada.
O procedimento está em fase final e todas as medidas de mitigação estão sendo tomadas para evitar maiores transtornos. Conforme a Companhia Riograndense de Saneamento (Corsan), com o esvaziamento, o leito do Rio Paranhana está arrastando grande quantidade de lodo – acumulado no fundo da represa – o que compromete a captação de água bruta para o abastecimento público. Desta forma, pode haver interrupção na distribuição de água bruta nos municípios de Três Coroas e Igrejinha. Ainda não há previsão de normalização. Para minimizar os efeitos à população, a Corsan está utilizando caminhões-pipa.
Corsan e CEEE estão trabalhando em parceria para regularizar a situação. Para mais informações sobre o abastecimento, acesse o aplicativo ou site corsan.com.br (seção Situação do Abastecimento de Água) ou ligue para 0800.646.6444.
Desde o fim de setembro, a CEEE tem dedicado parte de seu corpo técnico especializado em barragens para diagnosticar e estudar os procedimentos e intervenções necessários à manutenção da integridade física da estrutura, com objetivo de que recupere sua plena condição de segurança.