Início Canela Leite indefere recursos e RS segue com 11 regiões em bandeira preta

Leite indefere recursos e RS segue com 11 regiões em bandeira preta

Continua depois da publicidade

Restrição das atividades inicia às 20h. Educação infantil e anos iniciais seguem com aulas

Em transmissão ao vivo, no final da tarde desta segunda (22), o Governador do Eduardo Leite trouxe atualizações sobre o enfrentamento da pandemia do novo coronavírus e sobre o mapa definitivo do Distanciamento Controlado do RS.

O governador disse que a cogestão será mantida, mas, em Canela, como vem acontecendo, serão seguidas as normas do Governo do Estado, respeitando os protocolos de cada bandeira.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

Gramado, segundo sua assessoria de imprensa, informou que vai adotar a cogestão e as regras devem ser divulgadas entre hoje e amanhã.

A grande novidade foi em relação às aulas, sendo que a educação infantil, primeiro e segundo ano do ensino fundamental seguem funcionando na bandeira preta, dentro das regras estabelecidas de distanciamento, tanto nas escolas públicas quanto privadas.

Sendo assim, a macrorregião da Serra, a qual pertencem Canela e Gramado, seguem em bandeira preta.  A vigência da classificação começa à 0h desta terça (23/2) e vai até as 23h59 do dia 1º de março.

Outra mudança anunciada foi no horário de restrições de atividades.

Independentemente das bandeiras finais, todos os 497 municípios gaúchos deverão seguir e fiscalizar a suspensão geral de atividades, incluindo estabelecimentos de atendimento ao público, reuniões, eventos, aglomerações e circulação de pessoas tanto em áreas internas quanto externas, em ambientes públicos ou privados, entre 20h e 5h, todos os dias, até o dia 2 de março.

O horário de início da suspensão das atividades foi antecipado das 22h para as 20h e passa a valer a partir desta terça-feira (23/2).