Canela,

21 de maio de 2024

Anuncie

Vereadores da Comissão das Pessoas com Deficiência realizam vivência pelas ruas de Gramado

Compartilhe:

Na tarde desta quarta-feira, 21, os vereadores integrantes da Comissão Especial das Pessoas com Deficiência da Câmara de Vereadores de Gramado, Marcos Espetáculo (MBD), que substitui o vereador Rodrigo Paim, Neri da Farmácia (Progressistas) e Professor Daniel (PT), participaram de visitas a campo com pessoas com deficiência (PcD) da comunidade. Marcelo Lechner, Jairo Conceição, Guilherme Rocha da Silva, Renato Marinho e Maria Luzinete Sabino da Silva vivenciaram, junto aos parlamentares, seu cotidiano pelas ruas da cidade. Os vereadores acompanharam e fizeram os trajetos rotineiros, passando por algumas das barreiras e dificuldades que as PcDs enfrentam.

O grupo visitou o bairro Prinstrop, local onde reside Jairo Conceição, que possui deficiência visual. Percorreram o trajeto de ida e volta à sua casa, um trecho íngreme, cheio de obstáculos e com poucas referências táteis para pessoas com deficiência visual. Jairo relatou já ter se perdido no caminho ao não localizar a referência tátil.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

A comissão também visitou um dos principais atrativos turísticos de Gramado, o Lago Negro. Os cadeirantes apontaram que o local possui muitas barreiras de locomoção, com problemas no calçamento – o que acaba dificultando a mobilidade. O último local visitado pelo grupo foi a Rua Coberta, onde as pessoas com deficiência mostraram aos vereadores que vagas de estacionamento para PcDs estão em lugares distantes. Também há falta de pisos táteis, segundo os moradores.

Neri, presidente da Comissão, afirma que a vivência foi um momento muito importante. “Conseguimos sentir um pouco das dificuldades que moradores e turistas com deficiência encontram na nossa cidade. Gramado precisa avançar na questão da inclusão, acessibilidade e empregabilidade,” atesta o vereador.

Marcos Espetáculo, que substitui o vereador Rodrigo Paim, vice-presidente da Comissão Especial, complementou dizendo que participar da experiência foi gratificante. “A vivência e as dificuldades das pessoas com deficiência nos trazem uma visão de como devemos melhorar e qualificar nossa cidade”, acrescenta.

Segundo o vereador Professor Daniel, membro da Comissão, a vivência com o grupo foi muito produtiva e cheia de aprendizados. “Pudemos ver de perto o quanto precisamos avançar quando o assunto é políticas públicas para as pessoas com deficiência, acessibilidade e inclusão”, conclui.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

“Não é o corpo que limita, são os espaços”

A arquiteta Bertha Zanatta, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência, enfatiza a importância das pessoas sem deficiência se colocarem no lugar das PcDs. “Para poder viver o dia a dia dessas pessoas que não conseguem exercer todo seu potencial, porque não é o corpo da pessoa que limita ela, quem limita são os espaços que não são bem construídos ou bem projetados, que não são pensados para todas as pessoas, para todos os corpos, independente se ele tenha uma deficiência ou não. Foi importantíssimo vivenciar isso para que sintamos na pele a luta diária que essas pessoas passam para exercer o direito delas de ir e vir”, finaliza a arquiteta.

Fotos: Paulo Vargas/Câmara de Gramado