Canela,

21 de maio de 2024

Anuncie

O que você faria COM O dinheiro que você perde todo dia SE ELE estivesse no seu caixa? • Juliana Alano

Compartilhe:

Caro leitor, empreender no Brasil é um malabarismo diário, precisa estar sempre de olho em cada centavo, pois no final de um período a diferença pode ser absurda. O problema é que boa parte dos empresários não estão preocupados com os centavos, só com os números grandes e acabam perdendo rios de dinheiro sem perceber.

Vou dar um exemplo sobre a inocente taxa de cartão de crédito que me deparo todos os dias nos atendimentos das consultorias empresariais. Primeiramente quem não faz conciliação bancária já tem um problemão (conciliação é verificar se o cartão que você deveria receber na data estabelecida, entrou no banco de fato). Em um supermercado que não fazia essa conferência só em cartões que ficavam na “nuvem” somavam mais de R$5.000,00 por semana, ou seja, R$20.000,00 perdidos no mês. Você deve estar se perguntando, mas como não perceber esse valor todo? Para quem fatura um valor maior e não tem controle passa despercebido mesmo. Então, entende-se que fazer essa conciliação bancária é muito importante.

• SIGA A JULIANA NO INSTAGRAM

Outra situação relacionada a taxa é quando você vende no cartão ele entra líquido no banco (já descontado a taxa da operadora). Sempre oriento meus clientes a lançar o valor da venda total e a despesa financeira, no final do mês é fácil de saber qual os valores pagos. Ter clareza ajuda a fazer projeções mais assertivas, considerando todos os custos. Além disso, fiscalizando vai saber inclusive quando a operado reajustar as taxas sem o seu prévio aviso.

• Confira todas as colunas da Juliana clicando aqui.

E a situação mais gritante de perca de dinheiro é a antecipação de cartão de crédito. Muitas operadoras já te dão mil e uma vantagem para que você venda a prazo e receba esse valor no outro dia, o que chamamos de antecipação automática. Essa prática faz com que você não tenha reserva futura e ainda pague muito mais caro que os juros de alguns empréstimos de capital de giro.

As tarifas inocentes que passam despercebidas aos olhos podem fazer a diferença no prolabore que você não retira porque não sobra ou na reserva que você não tem pois parece “impossível” juntar dinheiro. Dê IMPORTÂNCIA às pequenas COISAS e aos mínimos DETALHES, porque o “pouco” que TEMOS vira “tudo” quando se VAI.