Canela,

14 de julho de 2024

Anuncie

Cabelo

OPINIÃO FORTI

Márcio Diehl Forti

OPINIÃO FORTI • Sobre mudanças e preparações #004

Compartilhe:

Pouco tempo muita Mudança

Houve um tempo em que a gente chegava a ficar preocupado com o marasmo que acometia nossa comunidade. As notícias corriam devagar e as transformações demoravam a acontecer. Óbvio que em uma época de informação instantânea e redes sociais tudo chega mais rápido e as novidades se multiplicam. O Portal aqui da Folha mesmo, todo dia solta novidades. Lembram quando precisávamos ficar esperando até sexta-feira para irmos as bancas da cidade para buscarmos nosso jornal?

• SIGA O MÁRCIO NO INSTAGRAM

A Cidade Não Para

Falo isso por que Canela não para. Façam uma simples análise da Osvaldo Aranha, subam a Felisberto e comecem a andar pelos arredores. São prédios, empreendimentos e estabelecimentos que trocaram de mãos. Novas empresas, franquias, restaurantes, instituições financeiras e por aí vai.

E a Mão-de-Obra

São oportunidades e mais oportunidades. Muito emprego sendo oferecido. A parte disso teremos oferta de vagas pela prefeitura seja através da criação de cargos CC’s ou também do surgimento de um concurso público. O que não for preenchido com a turma daqui, provavelmente uma turma de fora tentará preencher.

E teia se fecha como?

Com o crescimento de oportunidades de emprego, surgirão novos moradores, novas famílias e novos cidadãos usuários do nosso sistema. Sistema de transporte público, sistema habitacional, sistema de saúde, mobilidade urbana, esgoto cloacal, tratamento de água e pormenores. Isso que não estou contando a parte de turismo, veranistas e tudo o mais.

• LEIA TODAS AS COLUNAS DE MÁRCIO DIEHL FORTI

Como Vamos nos Preparar?

Precisamos discutir Canela para os próximo 30 anos no mínimo. Precisamos urgentemente parar de pensar única e exclusivamente na próxima eleição. No carguinho que o amigo vai me arrumar, no poste de luz que vão colocar na frente da minha casa ou no asfalto novo que vão colocar na minha rua. Não estou dizendo que isso não tenha importância, mas isso não pode decidir mais voto. E que a sociedade como um todo esteja preparada e madura para começar a cobrar mais os eleitos. E que eles também entendam o seu papel enquanto representantes do voto que angariaram. São passíveis de críticas e se não gostam que não tentem mais se eleger. Que comecem a pensar nas demandas da cidade como um todo e a chamar para o seu lado pessoas que agregam e não pessoas que alimentam o seu ego.

Feliz dia Das Crianças

Atrasado mas de um cara que tem uma certa síndrome de Peter Pan. Agradeço a Deus por não perder uma certa essência de moleque e também por poder ser chamado de tio por um bom tempo por diversas crianças que tanto me fazem bem. Sorriso e abraço de criança é o maior energético que podemos ter.