Canela,

21 de maio de 2024

Anuncie

300 árvores são plantadas em Gramado em ação do Programa Arborização + Segura da RGE

Compartilhe:

O objetivo é eliminar riscos à rede elétrica e à população, mantendo a sustentabilidade ambiental

A RGE está implementando o projeto de embelezamento seguro de ruas e avenidas, em Gramado, no mês de outubro. Através do Programa Arborização + Segura, realizado em parceria com a prefeitura, ocorre o plantio de 300 mudas adequadas ao ambiente urbano, de forma que não afetem a rede elétrica ou coloquem em risco a população, além da substituição gradativa de árvores, visando a segurança dos cidadãos, das instalações e o reordenamento da arborização urbana.

Os locais contemplados incluem a avenida Central, além dos bairros Floresta, Carniel e Vale dos Pinheiros. Serão implementadas as espécies Escova de Garrafa, Pitangueira, Araçá, Goiaba Serrana, Ameixa Rosa, Manacá da Serra, Ipê Branco, Ipê Roxo, Uvaia, Romã, Goiabeira, Jacarandá, Ipê da Várzea, Hibisco, Quaresmeira Roxa, Cerejeira do Japão, Guabiroba e Cerejeira.

A RGE disponibiliza mudas adequadas às equipes técnicas do poder público municipal, que direcionam o planejamento e implementação. Em áreas afastadas da rede de energia elétrica são criados espaços amplos de recomposição florestal com exemplares de grande porte. Atenção especial é dispensada na escolha de espécies implantadas sob a rede de energia elétrica, priorizando as de menor porte.

No processo de substituição, a RGE identifica aquelas que se enquadram no perfil crítico para risco de interferência e em desacordo com as infraestruturas urbanas. Só são substituídos os exemplares autorizados pelo poder público municipal.

A RGE faz ainda um alerta para que a população se conscientize em relação ao porte das árvores plantadas em vias públicas principalmente próximas a rede elétrica, por conta própria.

 A Empresa ampliou os investimentos do Programa em 2022, para R$ 2,2 milhões. Em 2021 foi investido R$ 1,8 milhão entre os mais de 26 municípios parceiros.

O analista de meio ambiente da RGE, Eduardo Kehl, afirma que “O Programa Arborização + Segura leva, também, benefícios como sombreamento e melhoria da qualidade do ar, controle da temperatura urbana e redução da poluição visual.”

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

Importante destacar que todas as ações de manejo e intervenções junto a vegetação realizadas pela RGE seguem critérios técnicos e diretrizes da ABNT NBR 16246-1, as quais devem ser compatibilizadas com as diretrizes da ABNT NBR 15688:2012, que traz os espaçamentos mínimos entre rede e vegetal pelo aspecto técnico operativo da rede, sendo realizadas visando ao menor impacto visual e ambiental possíveis. As equipes são devidamente treinadas e capacitadas, o ferramental utilizado é adequado para a atividade e possuem as respectivas licenças ambientais dos órgãos competentes.

Segurança – Consciente da importância em manter um trabalho permanente de orientação para a população, as distribuidoras do Grupo CPFL, trabalham fortemente a campanha de segurança “Guardião da Vida”. Além de dicas e conselhos para a população em geral e trabalhadores dos centros urbanos, a campanha traz informações sobre os cuidados que devem ser levados em consideração ao executar um trabalho de poda. Confira algumas dicas de segurança:

  • Jamais faça podas quando a árvore está muito próxima da rede elétrica ou os galhos tocando nos fios.
  • Nos casos em que galhos ou copa de árvores estejam oferecendo riscos e danificando os fios de energia elétrica, solicite avaliação da RGE através dos canais de atendimento da empresa.
  • Para que seja possível uma intervenção imediata, caso ocorram faíscas na rede elétrica, a comunicação deve ser feita na Central de Atendimento da distribuidora.
  • Em dias de chuva, temporais e fortes ventanias, é comum que galhos de árvores interfiram na rede elétrica, danificando os fios e postes de energia. Nestes casos, se houver interrupção no fornecimento de energia, o cliente deve utilizar o serviço Falta de Energia para comunicar a situação e nunca realizar poda nessas condições.
  • A responsabilidade pelas podas de árvores é da Prefeitura Municipal. As empresas do Grupo CPFL realizam podas somente em casos de extrema necessidade, como em situações emergenciais de risco para a população e a rede elétrica.
  • Na dúvida entre sempre em contato através de um dos nossos canais de atendimento e receba orientações para uma construção segura.

Atuação ESG – No âmbito das ações ESG, para 2022 a RGE tem duas turmas de escola de eletricistas para mulheres em andamento nas regiões metropolitana e serra. A distribuidora também contribui para o desenvolvimento das comunidades, por meio de ações do Instituto CPFL, como o Projeto Carreta Literária e o RGE nas Escolas. Esses projetos apoiam iniciativas sociais que trabalham através da cultura e esporte no contraturno das escolas, atendendo crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social, nas cidades de Novo Hamburgo, São Leopoldo, Santo Ângelo, Bento Gonçalves, Palmeira das missões, Vacaria, São Luiz Gonzaga, Nova Roma do Sul e Pinto Bandeira. Na área socioambiental, a empresa investe em programas como o RGE nos Hospitais, que incentiva projetos de humanização e melhorias em hospitais públicos, resultando em economia no consumo de energia dessas instituições, e ainda ajudando a salvar mais vidas. Para esse ano, estão previstas outras nove instituições em oito cidades (Caxias do Sul, Flores da Cunha, Farroupilha, Guaporé, Montenegro, Canela, Veranópolis e São Leopoldo).

Como a segurança é um valor inegociável em todas as empresas do grupo CPFL, a RGE mantém o programa “Guardião da Vida”, que busca levar para a população informações sobre os cuidados que devem ser levados em consideração ao executar trabalhos próximo à rede elétrica, como a realização de podas ou na construção civil, entre outras.

Sobre a RGE – Responsável por distribuir 65% da energia elétrica consumida no Rio Grande do Sul e atender mais de 3 milhões de clientes em 381 municípios gaúchos, a RGE é hoje a maior distribuidora da CPFL Energia em extensão territorial e número de cidades atendidas. A área de concessão da companhia, que é resultado do agrupamento das distribuidoras RGE e RGE Sul, realizado em janeiro de 2019, totaliza 189 mil km² de extensão, abrangendo as áreas urbanas e rurais das regiões Metropolitana, Centro-Oeste, Norte e Nordeste do estado.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Os investimentos realizados pela RGE contribuem para o desenvolvimento socioeconômico de locais de fundamental importância para a economia do estado, que vão desde fortes polos turísticos, agrícolas e pecuários, até grandes centros industriais e comerciais, trazendo mais bem-estar, conforto e infraestrutura para a vida de 7,4 milhões de gaúchos.

Sobre a CPFL Energia – A CPFL Energia, há 109 anos no setor elétrico, atua nos segmentos de distribuição, geração, transmissão, comercialização e serviços. Desde 2017, o Grupo faz parte da State Grid, estatal chinesa que é a segunda maior organização empresarial do mundo e uma das maiores empresas de energia elétrica, atendendo 88% do território chinês e com operações na Itália, Austrália, Portugal, Filipinas e Hong Kong.

Focada em uma forma mais sustentável de produzir energia, tem na CPFL Renováveis a maior empresa de geração da América Latina a partir de fontes alternativas, com um portfólio baseado em fontes limpas como grandes hidrelétricas, usinas eólicas, térmicas a biomassa, Pequenas Centrais Hidrelétricas (PCH) e usina solar. Em geração é a terceira maior agente privada do País, com capacidade instalada de 4.303 MW.

Com 14% de participação, a CPFL Energia é uma das maiores empresas no mercado de distribuição, totalizando mais de 10 milhões de clientes em 687 cidades, entre os estados de São Paulo, Rio Grande do Sul, Minas Gerais e Paraná. Na comercialização, é uma das líderes no mercado livre, com participação de mercado de 4%. É líder na comercialização de energia incentivada para clientes livres entre as comercializadoras.

A CPFL Energia possui ações listadas no Novo Mercado da B3. O Grupo também ocupa posição de destaque em arte e cultura, entre os maiores investidores brasileiros, por meio do Instituto CPFL.