Canela,

23 de maio de 2024

Anuncie

Oktober de Igrejinha promove dia especial para grupos de pessoas com deficiência de mais de 20 cidades da região

Compartilhe:

Besonderertag reuniu 1.600 participantes de centros de referência que atendem pessoas com deficiência

Muita alegria e inclusão marcaram esta terça-feira (18) na 33ª Oktoberfest de Igrejinha, que segue até domingo (23), no Parque de Eventos Almiro Grings. A Besonderertag, Dia Especial para Pessoas com Deficiência, aconteceu das 10 às 16 horas e teve entrada franca, reunido aproximadamente 1.600 pessoas de Associações de Pais e Amigos do Excepcionais (APAEs) e Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) de mais de 20 cidades da região, além do Centro de Atenção Psicossocial (CAPS) de Igrejinha. “Um dia especial cheio de atrações para vocês matarem a saudade de estar conosco na Oktober Igrejinha”, comentou Cheila Petry, presidente da AMIFEST (Associação de Amigos da Oktoberfest), durante a abertura das atividades.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

Organizada pela APAE de Igrejinha, a Besonderertag acontece desde 2016. “No início era uma ação muito menor, desde lá cresceu na proporção”, contextualiza a diretora da associação, Silvia Bischoff. Para ela, é um dia de festa, de resgatar a cultura alemã e celebrar aquilo que Igrejinha faz de melhor: o trabalho voluntário. “O dia de hoje celebra a inclusão da pessoa com deficiência, porque quando a Oktoberfest olha para essa pessoa, ela olha para a minoria. Isso é se preocupar e cuidar daqueles que pouca gente lembra muitas vezes”, destacou Silvia.

Foi a primeira vez da Tais Daiane da Silva Machado e do Antônio Francisco Hennzel Lauxen, da APAE de Feliz, na Besonderertag. “Estamos gostando muito e viemos para nos divertir, brincar e dançar. Nunca tínhamos vindo aqui!”, relataram os jovens. Já Daiane de Oliveira, mãe do pequeno Wetly de Oliveira, da APAE de Parobé, contou que o dia proporciona um momento especial com o filho. “Está sendo bem legal, além dele se divertir a gente consegue passar um tempo juntos”, explicou Daiane.

O dia foi repleto de atrações especiais, iniciando com a bandinha típica Macega Show e a banda Igrejinha Blaskapelle. Na sequência, os participantes foram animados pelo DJ Muka e prestigiaram Apresentações Artísticas, Culturais e Folclóricas da ação “Igrejinha Vivendo a Cultura”. O público ainda foi animado pelo show da Dupla Wesley e Wellinton e a Baladinha ROBOXX. Além disso, o evento contou com parque de diversões, brinquedos infláveis, voluntários da beleza, recreação com balões, artesanato, souvenirs, brindes, exposições, Vila Germânica, Praça de Alimentação e a distribuição de um lanche com refrigerante para cada participante. À noite, às 19 horas, está marcada a Celebração Ecumênica – IELB, Comunidade Católica e IECLB; e, às 20h30, ocorrerá uma reunião festiva do Conselho Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Além de Igrejinha, os grupos participantes desta edição eram dos centros de referência que atendem pessoas com deficiência das cidades de: Araricá, Bom Jesus, Cambará do Sul, Campo Bom, Canela, Eldorado do Sul, Esteio, Feliz, Garibaldi, Gramado, Harmonia, Nova Hartz, Nova Petrópolis, Novo Hamburgo, Osório, Parobé, Rolante, Santa Maria do Herval, São Francisco de Paula, Sapucaia do Sul, Sertão Santana, Taquara, Três Coroas e Triunfo.

Entre as medidas de acessibilidade da 33ª Oktoberfest de Igrejinha estão: intérprete em libras; lugares reservados para deficientes físicos; rampas, corrimões e banheiros adaptados.