Canela,

27 de fevereiro de 2024

Anuncie

Grupo da Governança de Inovação de Canela realiza visitas técnicas

Compartilhe:

Na sexta-feira (18), integrantes do grupo PROVOCA – a Governança de Inovação de Canela, conduzidos pela consultora do SebraeRS Luana Belarmino, realizaram visita técnica junto ao hubs de inovação em Caxias do Sul.

A primeira visita aconteceu na Conexo, hub de inovação ligado às Empresas Randon. A Conexo funciona como um hub de conexões, por meio físico e digital, entre as Empresas Randon e diversos players (investidores) como empreendedores, outras grandes empresas, startups, universidades, instituições deste ecossistema e a comunidade.

O hub está instalado em um moderno prédio projetado com áreas para cocriação, interação e produção de conteúdo. No ambiente digital, a empresa disponibiliza uma aplicação que permite a interconexão entre os variados interessados, permitindo a cooperação e o desenvolvimento de novas ideias, em um ambiente de coexistência.

Seu objetivo é criar conexões para gerar conhecimento, fortalecer networking, resolver problemas reais, valorizar ideias, capacitar as pessoas e gerar novas possibilidades de negócios.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

No Parque de Ciência, Tecnologia e Inovação – TecnoUCS, o grupo foi recebido pelo diretor César Panisson que explicou a forma de atuação do espaço, onde promovem a conexão entre empresas, poder público, universidade e sociedade. O objetivo é fomentar a pesquisa, o empreendedorismo e a inovação.

Aproveitaram a ocasião para conhecer a estrutura física do local, onde já possuem empresas consolidadas e startups em fase de desenvolvimento.

Na TecnoUCS também estiveram visitando as empresas Marcopolo Next e Marco Zero. A Marcopolo Next está voltada para o futuro da mobilidade e segue o conceito de company builder, ou seja, uma divisão essencialmente voltada para novos negócios. A divisão desenvolve serviços e sistemas inteligentes que facilitem o deslocamento e a conexão das pessoas. Por meio da Marcopolo Next, a companhia expande a sua atuação com projetos envolvendo novas tecnologias, novos sistemas de mobilidade e novos modais, como elétrico e metroferroviário, além dos ônibus. Já a Marco Zero nasceu para fortalecer a estrutura de corporate venture capital (CVC) da fabricante de ônibus. É parte estratégica da Marcopolo para atrair e adotar inovações, além de fomentar a inovação aberta, se integrar a startups, aceleradoras, hubs, investidores e grupos estratégicos, além de se aproximar de novos mercados.

Também dentro do parque tecnológico, o grupo soube mais sobre o Instituto Hélice, que aproximou empresas tradicionais da região com startups, visando à solução de problemas reais e a geração de inovações, colocando a Serra gaúcha no mapa dos ecossistemas inovadores do país. Surgida como um movimento criado pelas Empresas Randon, Marcopolo, Móveis Florense e Soprano, a iniciativa ganhou personalidade jurídica e incorporou mais organizações, que executam processos de inovação aberta, desenvolvendo redes de confiança e realizando ações para fortalecer o ecossistema.

Finalizando as atividades, o grupo esteve na sede do Sebrae Caxias do Sul conhecendo o espaço e conversando com o Coordenador Regional da Serra Gaúcha Gustavo Rech, que explicou sobre as áreas de atuação do Sebrae RS, e de que forma a instituição pode contribuir com as micro e pequenas empresas, e também com o poder público. Após, o representante da Governança de Inovação de Caxias de Sul, Cleber Figueredo, apresentou ao grupo de Canela as ações já realizadas e também previstas para o ecossistema de Caxias de Sul.

Participaram da visita técnica, Gabriele Grespan, Leandro Brito e Erick Souza Nascimento, representantes do CIDICA, Eduardo Macedo, diretor do Departamento de Modernização e Tecnologia da Informação; Rita Souza, do Departamento de Comunicação, Nilvio Castanheiro, Gerente do SINDILOJAS; Guilherme Silva, Administrador da Bankbook, primeira startup instalada no CIDICA; Irismar Hendges, Diretora da FortalBeach; Thiago Merib, CEO da Arcade; Tiago Rodrigues e Luciana Catafesta, representantes da UCS Campus Hostênsias.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

ECOSSISTEMA DE INOVAÇÃO DE CANELA

O desenvolvimento de um ambiente favorável ao empreendedorismo e à inovação está sendo fortalecido em Canela com os trabalhos da governança local de inovação, o PROVOCA. A ação faz parte do eixo Inovação do programa Cidade Empreendedora, desenvolvido pelo Sebrae RS em parceria com a prefeitura. Representantes da governança e da sociedade civil se reúnem em oficinas para debater o cenário no município e no país.
Foram nove encontros presenciais mensais liderados por Luana Belarmino, consultora do Sebrae RS.

O ecossistema de inovação é plural e multisetorial, sendo formado por representantes do poder público, da iniciativa privada, da academia, de instituições e organizações sociais. O objetivo é debater o cenário de inovação para projetar oportunidades de novos negócios na cidade a partir desse mapeamento de setores potencialmente promissores.
Mais informações, entrar em contato com o CIDICA, por meio do Instagram @cidicacanela, telefone (54) 3282-5167, ou e-mail cidicacanela@gmail.com.