Canela,

29 de fevereiro de 2024

Anuncie

Promotor Max Guazzelli e engenheiro Silveirinha são Cidadãos Gramadenses

Compartilhe:

Títulos foram entregues em sessão solene nesta quarta-feira,14

Os títulos de Cidadão Gramadenses foram entregues em sessão solene da Câmara de Vereadores de Gramado na noite desta quarta-feira, dia 14. Foram agraciados com as honrarias o promotor de Justiça, Max Guazzelli, por meio de uma indicação da Bancada do MDB, e o engenheiro José Carlos Silveira, conhecido como Silveirinha, através de indicação da Bancada do PSDB.

Em seus pronunciamentos, ambos cruzaram suas trajetórias com a história de Gramado, relembrando histórias e agradecendo a todos que fizeram parte desta jornada. “Eu sou gramadense de coração, é um sentimento que está comigo desde que aqui cheguei”, declarou Silveirinha, que é natural de Pelotas.

O promotor Max ao receber a homenagem disse que se sente em casa na Câmara de Vereadores e agradeceu a todos que estiveram ao seu lado até a conquista deste reconhecimento. “Esta é uma certificação de algo que já estava no coração”, definiu Guazzelli, que é de Porto Alegre.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

José Carlos Silveira

Nasceu em Pelotas em 1948, filho de Amaury Almeida Silveira e Marina Silveira, formou-se em Engenharia Civil em 1972, na primeira turma da Escola de Engenharia da Universidade Católica de Pelotas, e cursou pós-graduação em Engenharia de Segurança do Trabalho na Unisinos.

Passou a residir em Gramado em janeiro de 1973 incentivado e motivado pelo irmão que como médico aqui já residia, e a convite do prefeito recém eleito Waldemar Weber, fez parte da sua administração como secretário de Obras. Condição que o levou a participar das comissões das primeiras edições do Natal Luz de Gramado e Festival de Cinema, e também da Fearte.

Foi ativo na organização de duas edições do Festival Internacional de Música Clássica de Gramado nos anos de 1982 e 1983. Fez parte do Lions Clube de Gramado, foi presidente por mais de um mandato da CICSAT e ingressou na Federasul há mais de 20 anos, onde, atualmente, é vice-presidente Regional para Região das Hortênsias e Nordeste do Estado.
Foi presidente do Conselho do Plano Diretor de Gramado por seis mandatos e atualmente compõe a comissão nomeada pelo prefeito Nestor Tissot que trabalhou no PL do novo Plano Diretor da cidade. Foi o agente promotor junto com arquitetos da SDO, Secretaria de Obras do Estado do Rio Grande do Sul, no que viria ser o primeiro Plano Diretor com fundamentação técnica e pesquisa de campo de Gramado.

Max Guazelli

Natural de Porto Alegre, filho de Nélio e Sirlei Guazzelli, casado com Jaqueline Grüne Guazzelli, é formado em Ciências Jurídicas e Sociais pela UFRGS, formado em História pela UFRGS e formado em Estudos Franceses pela Universidade de Nancy II, França.

Ex-aluno da Fundação Escola Superior do Ministério Público – FMP – e da Escola Superior da Magistratura – AJURIS, ingressou no Ministério Público como promotor de Justiça em 1998. Atuou, como promotor de Justiça nas comarcas de Tenente Portela, Arvorezinha, Santo Antônio da Patrulha e Gramado, nesta última desde março de 2011.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

No ano de 2006, foi homenageado com o Troféu Destaque da Cultura Gaúcha, promovido pela Secretaria da Cultura do Estado do RS. No ano de 2021, recebeu a Ordem do Mérito do Ministério Público/RS, no grau comendador, pelos trabalhos prestados à comunidade de Gramado.

Na Comarca de Gramado, como titular da 2° Promotoria de Justiça, atuou e vem atuando em inúmeras situações como: desde o ano de 2011, empenha-se na regularização do fornecimento de água tratada e saneamento de Gramado, tendo recebido, por sua atuação, voto de louvor da Procuradoria-Geral de Justiça; auxílio ao Município na regularização dos eventos públicos e na constituição jurídica da autarquia Gramadotur; auxílio na criação em Gramado da Rede de Apoio à Cidadania, ainda no ano de 2011, e participação desde então nas reuniões mensais da rede; entre outras.