Canela,

28 de fevereiro de 2024

Anuncie

Fê Brandão

EU VEJO VOCÊ

Fernanda Rosa Brandão

EU VEJO VOCÊ – Querida professora…

Compartilhe:

Querida professora gostaria de lhe encorajar a transferir a visão sistêmica para sua rotina escolar, muitas escolas já estão de férias, as dos pequenos continuam e você tem o tempo de férias para aprender, buscar e questionar como isso é possível.

Mudando a sua postura em relação a seus alunos, perante a sua vida e com todos que convive, sim, o movimento começa em você. Sua nova forma de olhar e agir vai trazer mais alegria a todos e amplia as perspectivas de como a escola pode ser vivida de forma mais leve e dinâmica, tanto na forma de convivência, como também na parte dos conteúdos.

• Siga Fernanda Brandão no Instagram

A escola atual é a mesma de trinta anos, quando eu frequentava, ou seja, não é permitido o aluno ter acesso as suas possibilidades, as suas interpretações, a sua criatividade e desenvolvimento. A resposta correta é apenas uma. As classes permanecem do mesmo modo. Os livros didáticos só repetem as mesmas histórias de uma vida toda. Professores cansados e sem vontade de fazer algo diferente.

Na atual sociedade, onde temos diversos recursos, não saímos das caixas que nos colocaram a muitos anos. Porque esta falta de coragem? Porque o medo do desconhecido? Porque o medo de tentar e de experimentar?

As crianças estão cada vez mais perdidas, pois tem muita informação e não é utilizada da forma correta, ela não pode usar seus dons e o que aprende na escola, ainda é podada, como reclamamos muitas vezes que fomos também. O trabalho de artes é o mesmo desenho igual, onde apenas devem pintar. E porque não deixar uma atividade livre, onde cada um possa fazer do seu jeito e expressar assim seus dons que estão sendo cada vez mais escondidos e regulados.

Estamos na era da informação e devemos aproveitar e usar a nosso favor. Te convido a visitar minha rede social e saber se a Pedagogia Sistêmica pode te ajudar a ampliar teu olhar em relação a sala de aula, a teus alunos e teus colegas de trabalho. A informação está disponível para você conhecer e entender se é para você ou não.

• Leia mais de Fernanda Brandão

Seguindo na linha da amorosidade, da ordem de quem chegou primeiro ao mundo, uma aluna minha já teve muitos avanços com seus alunos que estavam sempre dispersos e desatentos na sala de aula. Quando fez o movimento de ordenar as classes por ordem de quem chegou primeiro ao mundo, do maior para o menos, a ordem, a atenção, o interesse nas aulas melhoraram muito. Isto porque, quando cada um está no seu lugar, tudo se ordena, fica mais calmo, mais leve e mais harmônico. A aula flui de forma fácil e até os conteúdos que estavam atrasados, estão todos em dia.

Um pequeno movimento por parte da professora e tudo volta para seu lugar e sua devida ordem. E você está esperando o que para experimentar e ter também uma mudança significativa na sua vida e na sua sala de aula? Não esqueça EU VEJO VOCÊ!