Canela,

21 de junho de 2024

Anuncie

Horto de plantas medicinais fornece a matéria-prima da Farmácia Viva da Prefeitura de Gramado

Compartilhe:

O Horto Medicinal de Gramado, localizado na Linha Tapera, é uma área de resgate cultural onde se cultivam plantas medicinais usadas para o tratamento e cura de doenças. Através da Farmácia Viva, projeto realizado pela Secretaria da Saúde, os chás e plantas cultivados no local passam por processamento e armazenamento até chegarem na manipulação, onde viram chás e pomadas que são distribuídos como medicamentos fitoterápicos pelo SUS.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

Atualmente, todo esse processo é realizado na Linha Tapera, mas a Prefeitura de Gramado trabalha na reformulação da Farmácia Viva, que passará a ter sua sede na Várzea Grande. “Estamos montando, na antiga Unidade de Saúde da Várzea Grande, a Farmácia Fitoterápica de Gramado, o que vai possibilitar a ampliação da produção das plantas medicinais destinadas à saúde dos gramadenses que é uma preocupação do prefeito Nestor”, conta o secretário da Saúde, Jeferson Moschen.

O plantio dos chás continuará na Linha Tapera, o que vai migrar para a Várzea Grande é o processamento das plantas. “Nosso horto fica em um espaço lindo e estamos trabalho na ampliação dos canteiros, no plantio e na troca de algumas variedades, aproveitando esse período de verão”, destaca o secretário Jeferson Moschen, que esteve no local na última semana para acompanhar os trabalhos.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Foto: Chás e plantas são cultivados na Linha Tapera.

Crédito: Ascom/PMG