Canela,

19 de junho de 2024

Anuncie

K9: os agentes bons de faro do canil de Canela

Compartilhe:

Feras no combate ao crime, oito agentes caninos auxiliam o trabalho da Polícia Penitenciária de Canela e Região

Bons de faro, carinhas fofas e muito comportados. Dá até vontade de levar para casa… Mas, não se engane, eles são policiais treinados, que, sem farda nem munição, são feras em combater a criminalidade.

A reportagem da Folha foi conhecer os agentes K-9 do canil da Polícia Penitenciária, instalado junto ao Presídio Estadual de Canela. O município é o único da serra gaúcha que conta com um, tendo sido inaugurado pela Superintendência dos Serviços Penitenciários (Susepe), em setembro de 2022 e atende aproximadamente 61 cidades.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

Atualmente, o canil conta com oito cachorros: Border Collie, Cane Corso, Doberman, Pastor Alemão, Pastor Belga, Pastor Suíço e Rottweiler. Alguns recebem treinamento para faro, outros, para proteção de território e atividades focadas em abordagens policiais. Com os treinamentos, estão habilitados para participar de operações de busca e apreensão e de barreiras policiais.

“Nós procuramos identificar as raças com que gostaríamos de trabalhar e entendemos que eles são policiais assim como nós. Por isso, queremos dar qualidade de vida aos animais e zelar pelo bem-estar deles. Cada detalhe nesta construção foi muito bem pensado e planejado”, afirmou o delegado penitenciário da 7ª região, Fernando Demutti, responsável pelo canil de Canela.

Aspen trabalha com crianças especiais

A Border Collie, chamada Aspen, atua de forma diferenciada. Ela desenvolve um trabalho pedagógico com os pacientes da APAE, que atende 19 crianças com necessidades diferentes, seja com dificuldade motora, com ansiedade ou no espectro autista, as crianças são instigadas a repetirem os comandos dados à Aspen. Assim, as atividades ficam interativas e de fácil aprendizagem.

Na tarde de quarta-feira (11), após reunião com a APAE, o Delegado Fernando Demutti relatou que o objetivo deste ano é abrir turmas para Cinoterapia – atividade que utiliza o cão como facilitador no processo terapêutico – para pacientes com síndrome de Down. A previsão de início é para o segundo semestre de 2023.

Sobre o Canil

O K-9, da 7ª Delegacia Penitenciária Regional, teve sua construção iniciada em maio do ano passado e contou com a mão de obra dos próprios detentos: 15 pessoas estiveram envolvidos nesse processo.

O investimento total foi de R$ 128 mil reais, sendo R$38 mil reais nos vidros 8mm, concedidos pela Vara Criminal de Farroupilha e R$90 mil reais para as demais despesas, disponibilizados pela 1ª Vara de Execução Criminal de Caxias do Sul.

A estrutura do canil conta com oito baias com proteção de vidro reforçado, possui piso aquecido, água quente para banho e tratamento dos cães, sistema de ventilação e aquecimento para regulagem de acordo com a temperatura local, campo de treinamento e esteira para exercícios em dias chuvosos.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Ainda, para o maior bem-estar dos animais, além de haver um veterinário disponível 24h para emergências, há também, um acompanhamento semanal para verificar a saúde dos cães. Além de todo esse cuidado, uma pessoa fica responsável por eles em tempo integral, tendo, inclusive, um alojamento na estrutura para monitorá-los.