Canela,

15 de julho de 2024

Anuncie

Canela investe em escola de tempo integral

Compartilhe:

12 milhões estão sendo investidos em ampliação das estruturas e de equipamentos como novas salas, cozinhas e banheiros modulares

A administração municipal, por meio da Secretaria de Educação, Esporte e Lazer de Canela implantou em 2019 o turno integral em oito escolas da rede municipal, sendo elas Barão do Rio Branco (Saiqui), Bertholdo Oppitz (São Lucas), Cônego João Marchesi (Ulisses de Abreu), Dante Bertoluci (São Luiz), Ernesto Dornelles (Vila Boeira), João Alfredo Corrêa Pinto (Sesi), Santa Terezinha e Severino Travi (São Rafael). Em 2023, serão 1800 estudantes do 1º ao 5º anos que permanecem o dia todo nas instituições, onde em um período tem o currículo da base nacional da educação e no outro com atividades complementares de reforço nas disciplinas, prática esportiva e participação em ações culturais.

O prefeito Constantino Orsolin, que também é professor, fala que investir na política educacional de tempo integral na rede pública municipal significa dar um passo mais ousado para uma educação com qualidade. “Não se trata apenas de aumentar o tempo de meninos e meninas na escola, mas contemplar as suas totalidades como seres humanos em todas as suas dimensões, como o afeto, emoção, sensibilidade e criatividade, numa escola inovadora, diferente e integrada ao seu território. A educação integral é uma das ações da política educacional de Canela, a qual denominamos: escola que acolhe, escola que transforma”, destaca o chefe do executivo.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

A secretária da Educação, Janete da Silva Santos, destaca os benefícios para a comunidade estudantil. “Além da melhoria do aprendizado tradicional, no ensino da língua portuguesa, a matemática e as ciências; o ensino em tempo integral auxilia no desenvolvimento de um conjunto de talentos e habilidades para área do trabalho, para formação sócio emocional, esportiva e cultural”.

A aprendizagem escolar é ainda mais estimulada a partir da ampliação das estruturas e de equipamentos como novas salas, cozinhas e banheiros modulares, conjunto de refeitórios (mesas e bancos), buffets, playgrounds, computadores, ar-condicionado, laboratórios de ciências, cobertura de quadra e equipamentos diversos que totalizam um investimento de R$ 12 milhões de reais em 2022.

Na ampliação das escolas Cônego João Marchesi, Severino, João Alfredo, Barão do Rio Branco e Bertholdo Opptiz, com salas, cozinhas e refeitórios modulares os recursos chegaram a R$ 4,5 milhões.

Na nova escola do bairro Santa Marta que deve estar pronta já para o início deste ano letivo ficará localizada à Rua Primeiro de Janeiro, 909/1. A primeira etapa da obra engloba o espaço de quatro salas com edificação modular, que atenderá turmas de séries iniciais do ensino fundamental (1º ao 4º ano) do turno integral.

“O Santa Marta é uma região da nossa cidade que possui grande população e percebemos a necessidade de oferecer uma escola de tempo integral para esta comunidade” comentou a secretária Janete.

Outra comunidade beneficiada foi a da Escola Cônego João Marchesi, que em dezembro de 2022 recebeu a nova quadra esportiva coberta com um investimento de aproximadamente 500 mil reais. Outra benfeitoria é na ampliação do ginásio Santa Marta, que foi em torno de 680 mil.

Pensando no desenvolvimento didático dos estudantes e em oferecer materiais de qualidade e inovadores aos educadores, foram adquiridos 14 kits de Laboratórios de Ciência da Natureza para todas as escolas de Ensino Fundamental da rede municipal. Os laboratórios serão utilizados por alunos do 1º ao 9º ano, proporcionando elevação no nível de aprendizagem dos conteúdos teóricos trabalhados em aula.

O investimento total na aquisição dos materiais foi de R$ 1.169.378,28 incluindo uma capacitação para professores, pedagogos e gestores das escolas.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Os estudantes do 9º ano do ensino fundamental também receberam cursos de qualificação, pelo Senai Robótica, preparação para o mundo do trabalho, introdução ao empreendedorismo, inovação e gestão, mecânica industrial, essas atividades realizadas no Cidica. Em parceria com a UCS Hortênsias também se realizou o curso de gastronomia e nutrição.

Já para os professores, houve a formação continuada com curso de gestores de escolas municipais, noções básicas de primeiros socorros a professores e funcionários, em atendimento à Lei Lucas e o treinamento de prevenção e combate a incêndio.

O ano letivo de 2023 em Canela inicia dia 6 de fevereiro na educação infantil e 15 de fevereiro para o ensino fundamental.