Canela,

18 de maio de 2024

Anuncie

Cabelo

OPINIÃO FORTI

Márcio Diehl Forti

OPINIÃO FORTI • Litoral da Serra!

Compartilhe:

Estou passando uns dias aqui em Curumim, um dos recantos dos canelenses e agregados. Aqui os dias passam de forma diferente, afinal são férias (ou perto disso)!

Em meio a jogar um baralho, caminhar no mar, dar um mergulho ou fugir do nosso querido nordestão a gente passa mais tempo conversando e aprendendo com as gerações anteriores as nossas.

O querido casal Cristina e Sidão Saueressig me acolhe a alguns anos aqui na praia.

Entre a mesa farta, cerveja gelada, batalhas de canastra e 66, rola muita conversa e muitas histórias.

 • SIGA O MÁRCIO NO INSTAGRAM

Como é legal ouvir sobre a família Wasem  e sua histórica ligação com o Caracol. Ou, ainda, sobre a conhecida família Dietrich e seu domínio sobre o hoje popularmente denominado “Fundo do Campo”!

E eu que não sabia que o Bar do Xerox, antigo Volks Bar, ou vá lá “Bar da Fuca”, é assim denominado por que o Irineu era igual ao seu irmão. Logo um Xerox do outro. E assim ficou. E o terreno onde hoje é o Gallas, que era da família Bolognesi, uma das mais tradicionais da nossa cidade.

E os papos sobre política no antigo Bar Brasília, bem na esquina da Praça. Houve um tempo em que era normal Rinha de Galo na cidade (sim, evoluímos e isso não é mais permitido), mas o local conhecido como Rinhador segue até hoje na memória dos mais antigos.

E as histórias memoráveis do seu Pedro Dias, o protagonista da Clube, rádio da qual hoje faço parte. Lendas como Maçarico, Salada, Ivo Gordo do Cinema e tantos personagens da nossa história. Cada vez mais dou valor ao seu Olmiro dos Reis por fazer registros escritos sobre o passado da nossa cidade para que nenhuma geração perca o hábito de saber das suas raízes.

Maçarico, na sua Tabacaria, em 1983. Foto: Arquivo Folha

É assim, a vida aqui no litoral é ótima, as férias passam em outro ritmo e a gente ainda dá um jeito de sempre aprender algo. Inclusive jogando uma canastra em alguma tarde chuvosa!

Sobre assuntos mais sérios, como a prestação de contas do nosso prefeito e Gilberto Cézar indo para a secretaria de Turismo, ou não, vou me ater com mais atenção semana que vem, quando acabam meus dias na querida Curumim.