Canela,

29 de fevereiro de 2024

Anuncie

Aclamada internacionalmente, cantora canelense é aposta da música brasileira em 2023

Compartilhe:

Grag Queen, que já foi campeã de reality show musical internacional, está em ascensão no Kwai e deve se destacar no cenário musical brasileiro este ano

O Kwai, app de criação e compartilhamento de vídeos curtos, como forma de esmiuçar o universo musical dentro da plataforma, selecionou alguns novos artistas que devem se destacar em 2023. Na lista, há nomes que começam a trilhar um caminho de sucesso sendo reconhecidos localmente, alguns até já com hits na bagagem, mas que em breve devem estourar em esfera nacional. A cantora gaúcha Grag Queen figura entre esses artistas.

Nome artístico de Grégory Mohd, Grag Queen nasceu em Canela e se formou em teatro e técnica vocal, participando de diversos eventos de artes, teatro e musicais no Brasil e na Broadway antes de começar a carreira como drag queen. Nos últimos anos, a jovem de 26 anos conquistou fama fora do país ao participar do reality show musical “Queen of the Universe”, produzido pela equipe da drag estadunidense RuPaul, no qual encantou os jurados com o alcance de sua voz e suas performances intensas. Ela disputou o título com 14 drag queens de 10 países e levou, ao final, a coroa de campeã e um prêmio no valor de 250 mil dólares. 

Aqui no Brasil, Grag Queen já é conhecida por boa parte da comunidade LGBTQIA+ depois de emplacar hits pop como “Fim de Tarde” e “Party Everyday” em diversas pistas de dança. Porém, a cantora promete quebrar quaisquer barreiras de nicho em 2023 com projetos na TV e internet (ela apresenta a versão digital de “Música Boa Ao Vivo”, do Multishow, e está sondada para ser uma das hostess da versão brasileira do aclamado programa “RuPaul’s Drag Race”) e com o lançamento de novos hits de pop eletrônico do seu segundo EP, chamado “Gente Crazy”.

Fotos: Divulgação

APOSTAS MUSICAIS DO KWAI 2023

Juntamente com Grag Queen, representam as grandes apostas do Kwai em 2023: ou seja, nomes de diversos gêneros e regiões do país que vêm se destacando no aplicativo e devem bombar este ano:

Alexia Reis – Dona de um vozeirão que não passa despercebido, a mineira Alexia é promessa da música sertaneja. Desde 2021, gravou um DVD ao vivo, lançou hit estourado (“Baby Me Esquece”) e fechou contrato com uma das maiores gravadoras do estilo, a WorkShow.

Amanda Lince – A cantora independente de Uberlândia (MG) faz sucesso pelas suas belas composições, mas também pela criatividade em seus vídeos que são postados no seu perfil do Kwai. 

Ananda Paixão – Recifense, Ananda lançou recentemente a faixa, “Arretada”, uma música com letra empoderada, refrão grudento e melodia pop com toque de diversos estilos regionais que deve bombar neste verão.

Bela Maria – Misturando estilos como pop, R&B, afrobeat e trap, a pernambucana dona de um vozeirão viralizou nas redes sociais, no ano passado, ao postar um cover do hit “Eu Tenho Medo”, do Zé Vaqueiro. 

Fanieh – Direto da zona leste de São Paulo vem Fanieh, artista que, em sua música, mistura funk, trap e pop com letras que falam das quebradas e de empoderamento feminino.

Iguinho & Lulinha – Apadrinhada por João Gomes, a dupla de irmãos incorpora música pop e eletrônica a estilos como o forró de vaquejada. O hit do duo, “Coração Acelera”, é uma versão de “Hear me Now”, música de Alok, Bruno Martini e Zeeba.

Lucas Aboiador  – Natural da Paraíba, ganhou notoriedade em 2019, quando viralizou nas redes sociais cantando música regional. Recentemente, lançou uma música com Wesley Safadão, chamada “Não Fosse Tão Tarde”.

Us Agroboy – Gabriel Vittor e Jota Lennon são os amigos por trás do duo, que mistura sertanejo com bases de funk, de pop e de rap, daí o apelido de “agrofunk”. Eles têm mais de um milhão de ouvintes mensais no Spotify.

Vitória Freitas – A jovem cantora acreana começou a carreira apostando no sertanejo universitário, mas logo migrou para o piseiro sertanejo e já tem sucessos como o hit “Quem Perdeu Que Chore”.