Canela,

29 de fevereiro de 2024

Anuncie

Fê Brandão

EU VEJO VOCÊ

Fernanda Rosa Brandão

Educação sistêmica: como já sabemos, conversando é que nos entendemos

Compartilhe:

Um ponto importante para se falar é a respeito da comunicação. Assim você pode deixar alinhado os combinados, regras e também estar atenta ao que pode ocorrer no ambiente escolar com teus alunos e colegas de trabalho.

Os combinados e regras da escola e da sala de aula são muito importantes, pois a criança está acostumada com os do sistema que mais convive, da sua família e quando deixamos claro o que pode e o que não, a criança entende que está em outro sistema e precisa respeitar.

É interessante fazer um bate papo com todos da turma a respeito do que pode em casa e na escola, assim você professora já tem uma noção do que vai precisar trabalhar e lembrar mais vezes, até que entendam se as regras não forem cumpridas, tem consequências.

A comunicação é sempre a melhor forma de chegar a um bom entendimento entre todos, tanto na família, na escola, na sala de aula ou em qualquer situação do dia a dia. Como já sabemos, conversando é que nos entendemos.

Vamos lembrar, que comunicamos de várias formas, não somente pelas palavras, tom de voz, nossa postura, expressão do corpo, fisionomia, forma de se vestir, forma de reagir e agir.

Por isso estar atenta as reações dos seus alunos é essencial, pois ele vai comunicar de várias formas, as vezes um choro, uma irritação, uma briga com outro colega, está refletindo algo que quer expressar, e muitas vezes você não vê.

A criança está pedindo socorro da forma que sabe, por isso a professora sistêmica tem um olhar amplo para conseguir perceber além do que está aparente e assim fazer seus movimentos internos para que os conflitos se resolvam da melhor forma possível.

Com leveza, alegria, harmonia, sim é possível contornar os conflitos de forma diferente do que está acostumada a fazer, ou até, não está acostumada a mediar conflitos e encaminhar para a pedagoga, psicóloga ou a própria direção escolar.

Estou aqui para te dizer que você é capaz de resolver conflitos na sua sala e assim tornar o ambiente de acolhimento, de pertencimento, onde todos fazem parte de um sistema. Os alunos querem sentir parte do grupo, como todas nós queremos.

Tentando resolver os desafios da turma, você vai mostrar aos alunos que ali também existe uma ordem, você chegou primeiro e está ali servindo e ensinando. Está compartilhando conhecimento e trocando experiências com seus alunos, que vieram depois e vão consumir o que você está dividindo.

E o equilíbrio ocorre quando honram o que recebem de você e fazem bom uso do que aprendem. Impossível retribuir o que você entrega, pois é muito, você se doa ao transmitir aquilo que sabe. É satisfatório saber e ver que seus alunos estão se desenvolvendo e crescendo de forma linda e que passam adiante aquilo que recebem.

Esta é a lógica da vida e do crescimento, retribuir e compartilhar tudo aquilo que recebo. E nós professoras sistêmicas além de contribuir, aprendemos a acolher com amor, e não julgar.

E não esqueça: EU VEJO VOCÊ!