Canela,

28 de fevereiro de 2024

Anuncie

Quinteto feminino de metais quebra paradigmas no Gramado in Concert

Compartilhe:

Foto: Rafael Cavalli.

O Quinteto Olympéa, de São Paulo, foi um dos três grupos de câmara selecionados para o IX Gramado in Concert e caiu no gosto popular. Com uma formação composta exclusivamente por mulheres, quebra paradigmas no cenário da música clássica ao ser o único grupo feminino do Brasil com instrumentos de sopro da família dos metais.

O quinteto formado por Jéssica Vicente, 27 anos, trompa; Sabryna Pinheiro, 24, trombone; Bianca Santos, 32, trompete; Luana Maele, 31, trombone; e Juliana Silva, 27, trompete; mostrou qualidade em apresentações no Vita Boulevard, na abertura da 2ª Vindima em Gramado e por diversos hotéis de Gramado. “Estamos adorando. O evento é maravilhoso e a recepção nos hotéis e do público em geral foi muito legal”, afirma Jéssica.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

O repertório é formado por obras de diferentes vertentes, incluindo peças de compositores eruditos e populares como Enrique Crespo, Gershwin, Maestro Duda e Ary Barroso.

Conforme as jovens, o Olympéa surgiu, em 2020, durante a pandemia. “Nós estudávamos na Academia de Música da Orquestra Sinfônica do Estado de São Paulo (OSESP). Tínhamos vontade de criar um grupo só de mulheres e começamos a conversar”, diz Bianca.

Na pandemia, cada uma das amigas gravou vídeos tocando em casa. O material foi editado e lançado na internet. Nascia o Quinteto Olympéa. “Somos todas de São Paulo, mas não podíamos sair de casa para ensaiar por conta da Covid-19”, conta Juliana.

Em busca de representatividade, as cinco querem inspirar novas gerações de mulheres. “Infelizmente, tínhamos poucas referências femininas. É um universo culturalmente dominado por homens. Essa é uma das razões pelas quais não é comum encontrar mulheres tocando metais em orquestras, por exemplo. Muitas acabam desistindo por ser um ambiente onde a presença masculina é mais forte”, frisa Sabryna. “Queremos que mulheres acreditem e não percam o foco”, completa Luana.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Com programação totalmente gratuita, o evento continua até sábado (11). O evento reúne 350 alunos de nove países e 20 Estados brasileiros. O IX Gramado in Concert tem copatrocínio da Corsan – Evoluir nos Define. Governo do Estado do Rio Grande do Sul – Novas Façanhas. Apoio institucional: Eurochestries. Hotel oficial: Laghetto Hotéis. Transporte oficial: Turistur Turismo. Colaboração: Vita Boulevard e Adylnet. Agente cultural: AM Produções. O evento é uma promoção da Prefeitura Municipal de Gramado, com realização da Gramadotur, Funarte – Prêmio Funarte Festivais de Música 2022 e Ministério da Cultura Governo Federal – Brasil, União e Reconstrução.