Canela,

19 de junho de 2024

Anuncie

Brigada Militar de Gramado participa de palestra sobre como abordar pessoas do Espectro Autista

Compartilhe:

Palestra foi ministrada pela APAE Gramado

Na tarde de quinta-feira (02), Policiais Militares da Brigada Militar de Gramado participaram de uma palestra sobre atendimento de ocorrências/abordagens à pessoas com autismo.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

O encontro ocorreu na ExpoGramado e foi ministrado pela APAE/Gramado, com o tema: Estratégias de atendimento a pessoa com autismo na Segurança Pública. Na conversa as palestrantes destacaram que a pessoa com autismo não possui características físicas identificáveis, mas é possível perceber pelo padrão de comportamento. Ainda exemplificaram a classificação de níveis e exemplos de comportamento.

Depois o assunto foi relacionado sobre a abordagem de pessoas com autismo na segurança pública, relacionando com a função Policial Militar, fatos que devem ser observados, dificuldades e como proceder no momento da abordagem. Também situação de como pode ocorrer uma crise e como agir diante deste fato. Outra demanda exposta foi de quando deve ser acionado o serviço de saúde, para dar assistência ao autista em crise.

Durante a conversa, os Policiais Militares relataram casos onde atenderam ocorrências envolvendo pessoas autistas, contando as particularidades e dificuldades enfrentadas.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Capitão Marcelo Montini, Comandante da Brigada Militar de Gramado, destaca que mensalmente há um encontro/ reunião com todo o efetivo da Companhia de Gramado, onde sempre é proposto um assunto, e nesse mês foi a vez da questão envolvendo a pessoa autista: “É muito importante que os profissionais de segurança pública estejam instruídos de como proceder quando se depararem com ocorrências que envolvam pessoas com o espectro de autismo. Assim como os profissionais de saúde trabalham para dar mais qualidade de vida a estas pessoas, os Policiais Militares, com esta capacitação, também contribuirão, uma vez que estarão qualificados para atendê-los da forma mais adequada”.