Canela,

17 de abril de 2024

Anuncie

Cabelo

OPINIÃO FORTI

Márcio Diehl Forti

OPINIÃO FORTI • Audiência Pública

Compartilhe:

Estive cobrindo o evento da Permuta entre o Centro de Feira e um centro de Convenções a ser construído no Parque do Palácio pelos dois veículos pelos quais faço parte, Folha de Canela e Clube 88.5. Acho de suma importância estar “in loco” nos locais para sentir o clima quando a situação é um pouco mais acima do tom.

A animosidade na entrada era grande, a insatisfação para com o projeto proposto pela prefeitura na audiência era praticamente total na audiência. Isso tornou o clima tenso, mas em geral o debate transcorreu bem. Tirando um ou dois que sempre querem aparecer nesses momentos e todos sabemos quem são.

A fala da representante do Amigos do Parque foi muito densa e concisa, deixando claro o abandono do Parque do Palácio e também que irão lutar muito para que aquela área não seja deflorada.

Por outro lado o Enzo Arns do Convention Boureau da região foi muito bem. Com dados objetivos, falando da importância de um centro de eventos para a cidade mas também sendo óbvio que não necessariamente poderia ser no local.

• SIGA O MÁRCIO NO INSTAGRAM

Dos vereadores Jeronimo foi o mais preparado até por ser o presidente da comissão. Claramente é contra o projeto e tem dados e fatos para defender isso. Errado não está. E já demonstrou isso mostrando documentos. Vellinho, Carmem, Caputo, Jefe e Joãozinho foram bem nas suas falas. Não posso falar o mesmo de Danany e Emilia, infelizmente. Não entendi as ausências de Alberi, Mana e Jone em matéria tão relevante para a comunidade.

Ao final tivemos a abertura da palavra para a comunidade e aí tivemos muita gente falando e defendendo seu ponto de vista. Não vou me estender, a sessão toda está no Facebook da Câmara Municipal de Canela para quem quiser ver na íntegra.

Minha percepção:

Por imposição se o governo quiser, e pelo jeito quer, ele vai aprovar o projeto e fazer o centro de convenções. O que eu faria? Retiraria o projeto de urgência, reuniria diversos setores, conversaria e chegaria a um melhor senso comum. Porque não vender o Cassino, reformar o Centro de Feiras, revitalizar o Parque do Palácio e fazer logo um Centro Esportivo na Celulose com esse dinheiro? Acho que se você tem tanto ímpeto de ir a Brasília, de repente umas idas a Porto Alegre resolvem essa situação do gravame que tanto implica esse centro de Convenções dentro do Parque. Fica a dica desse amigo que só quer o bem de todos!