Canela,

16 de abril de 2024

Anuncie

MEDIDA PREVENTIVA: Secretaria de Educação reforça importância de segurança nas escolas

Compartilhe:

Pedido emergencial foi aberto para contratação de mais 13 vigiais atuarem nos educandários.

Após a repercussão de mais um episódio de chacina em uma escola infantil de Blumenau, em Santa Catarina, o alerta para a segurança nas escolas acendeu em todo o país. Em Canela, os 23 educandários, 10 de ensino infantil e 13 de ensino fundamental já contam com câmaras de segurança que são inspecionadas pelos guardas 24 horas na sala de monitoramento do Paço Municipal, além de algumas já contarem com auxílio de vigia e duas terem casas de policiais militares em seu pátio.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

As direções das escolas sempre foram orientadas a manter os portões fechados após o início das aulas, não deixando o acesso livre.

De acordo com a secretária de Educação, Esporte e Lazer, Janete da Silva Santos, atendendo uma determinação do prefeito Constantino Orsolin, na quinta-feira (6.4) foi aberto processo para contrato emergencial para mais 13 vigiais, para atender a demanda de todas as escolas da rede.

Além disso, mais cinco casas para policiais das forças de segurança serão construídas nas escolas do bairro Santa Marta, Dante Bertolucci (São Luiz), Ernesto Dornelles (Boeira), Bertholdo Oppitz (São Lucas) e João Alfredo (Sesi).

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Janete também conta que conversou com o comandante da Brigada Militar de Canela, capitão Ubirajara da Rocha Dill que reforçou o contato já existente com a “operação volta às aulas” onde uma viatura monitora as instituições de ensino e com o soldado Jeferson Secco de Oliveira, responsável pelo Programa Educacional de Resistência às Drogas – PROERD, onde a questão da segurança também vai ser abordadas nos encontros com os estudantes.

A secretária finaliza dizendo que está à disposição de pais para mais esclarecimentos referentes à questão de segurança. “A gente fica muito triste de ouvir uma tragédia dessa. É o tipo de notícia que choca pais, funcionários da educação e todo o país. E esse tipo de situação faz a gente redobrar os cuidados”, afirmou.

Foto: André Fernandes