Canela,

23 de abril de 2024

Anuncie

Universidades Comunitárias Gaúchas são tema de Comissão Especial da Assembleia Legislativa

Compartilhe:

Grupo de parlamentares vai se reunir para debater o papel das instituições, inclusive como facilitadoras de acesso ao Ensino Superior

Na tarde de 11 de abril, na Assembleia Legislativa, em Porto Alegre, ocorreu o ato de instalação da Comissão Especial das Universidades Comunitárias do Rio Grande do Sul, com a finalidade de tratar sobre o papel das Universidades Comunitárias e a facilitação do acesso ao Ensino Superior. A atividade contou com a presença de representantes das 14 instituições de Ensino Superior que fazem parte do Consórcio das Universidades Comunitárias Gaúchas (Comung). A criação da comissão foi aprovada, por unanimidade, no final de março, após proposição do deputado estadual Rafael Braga.

A comissão será temporária e terá como objetivo discutir avanços e soluções para as problemáticas das universidades comunitárias, que abrangem todas as regiões do estado. A efetivação e a instalação da comissão foi proferida pelo presidente da Casa Legislativa do Estado, o deputado Vilmar Zanchin. O presidente do Comung e reitor da Unisc, Rafael Frederico Henn, usou a tribuna para agradecer a oportunidade e o espaço para dialogarem sobre o assunto. “As universidades comunitárias têm muito a contribuir no desenvolvimento social e econômico do Rio Grande do Sul. Acreditamos que temos capacidade instalada de educação, pesquisa, extensão e inovação para ajudar no desenvolvimento do estado. Contem com a nossa competência técnica e humana”, pontuou.

RECEBA GRATUITAMENTE NOSSAS NOTÍCIAS NO SEU WHATSAPP

O presidente da comissão, deputado Rafael Braga, que é egresso da universidade comunitária, enfatizou que, assim como ele, muitos gaúchos são atendidos e passam pelas instituições. “A história dos municípios e das regiões, e o desenvolvimento econômico crescem junto com as universidades, que mantêm um envolvimento com a comunidade. Se a educação comunitária vai mal, isso reflete naquela região”, afirma Braga. Ele destaca a felicidade de contar com a presença de lideranças das 14 instituições do Comung que mostram a rápida e forte mobilização da entidade.

Além de Braga, que presidirá a comissão, os parlamentares integrantes serão: Jeferson Fernandes, Leonel Radde, Valdeci Oliveira, Joel Wilhelm, Issur Koch, Professor Bonatto, Professor Cláudio Branchieri, Thiago Duarte, Gerson Burmann e Delegado Zucco.

O padrinho das universidades comunitárias, como é conhecido o vice-governador do Estado, Gabriel Souza, destaca a força das instituições: “As universidades comunitárias são entidades públicas não estatais, são da comunidade e têm como função naturalmente fortalecer o desenvolvimento regional”, finalizou o vice-governador.

Na ocasião, a Universidade de Caxias do Sul esteve representada pelo reitor, Gelson Leonardo Rech, secretário do Comung, e pelo diretor de Relações Institucionais, Givanildo Garlet. O reitor Gelson Leonardo Rech, em conversa com o proponente, deputado Rafael Braga Librelotto, agradeceu pela criação da comissão especial e pontuou que, a partir da iniciativa, ficará bem clara a distinção entre as universidades públicas, privadas e comunitárias – sem fins lucrativos. “A comissão inaugura um momento histórico de posicionamento das universidades comunitárias”, afirmou.

RECEBA AS NOSSAS NOTÍCIAS AGORA TAMBÉM PELO TELEGRAM

Professor do Amanhã

Durante o ato, o vice-governador Gabriel Souza fez menção ao programa Professor do Amanhã, pauta prioritária das Universidades Comunitárias Gaúchas, que está em fase de elaboração. Com previsão de ser submetido à aprovação na Assembleia nos próximos dias, o objetivo do projeto será adquirir 1 mil vagas de cursos de licenciatura para formar novos professores, que é hoje a maior demanda do estado. As bolsas serão adquiridas de universidades comunitárias, já que o Governo do Estado acredita na qualidade e no compromisso das instituições. Souza pediu a atenção da Casa com o projeto de lei e a expectativa é de abertura do primeiro edital ainda neste ano.

*Com informações e fotos da Assessoria do Comung.