Canela,

20 de junho de 2024

Anuncie

Artefato encontrado no Campus da UCS era um simulacro

Compartilhe:

A reportagem da Folha acompanhou parte da vistoria realizada pelo grupo de operações táticas e especiais, no final desta manhã - Foto: Francisco Rocha

Equipe do GATE desmontou o artefato e constatou que ele nunca ofereceu nenhum tipo de perigo

Uma equipe do GATE – Grupo de Ações Táticas Especiais, da Brigada Militar, esteve nas dependências do Campus da UCS de Canela, no final da manhã desta quinta (20), para vistoriar um artefato encontrado na entrada do educandário, que também é a sede da escola Coopec.

Após a vistoria, os policiais constataram que se tratava de um simulacro, sem nenhum tipo de carga explosiva, composto por canos de PVC, fitas e fios.

Agora, o caso segue sob a responsabilidade da Polícia Civil, que realiza investigação para identificar quem fez o simulacro e o colocou dentro do pátio do Campus.

Desde o início da manhã desta quinta, quando a segurança do Campus identificou o artefato, um protocolo de segurança foi iniciado, tendo como objetivo preservar a segurança de alunos e de funcionários. O prédio foi isolado e as aulas foram suspensas durante o dia.

Brigada Militar, Polícia Civil e Bombeiros se envolveram na investigação. A Universidade e a Coopec também trabalharam sempre visando a segurança de todos.

Apesar da confiança que, ao final, se trataria de um trote, todos as medidas foram tomadas. A Coopec segue com as aulas suspensas nesta quinta.

As aulas do Campus da UCS, tanto graduação quanto os cursos de extensão, seguem normalmente nesta quinta, tanto na parte da tarde, quanto à noite.

Em Canela e na região, nenhum outro incidente foi constatado e a segurança segue sendo reforçada em frente a escolas das redes municipal, estadual e particular.

Existe, ainda, a necessidade de combater o compartilhamento de notícias falsas, para que nãos seja gerado o pânico na comunidade. Atividades e movimentações suspeitas devem ser relatadas às autoridades.

O telefone da Brigada Militar é o 190 e do da Polícia Civil é (54) 3282-1212.